sexta-feira, 29 de julho de 2016

DESEMPREGO AUMENTOU E DEVE SUBIR AINDA MAIS | DENISE CAMPOS DE TOLEDO | JOVEM PAN - JULHO DE 2016






A Pnad-Contínua apontou a maior taxa de desemprego da série histórica. Apesar do ritmo de demissões ter diminuído um pouco, ele ainda persiste. São mais de 11,5 milhões de desempregados no País (números oficiais).




O desemprego continua avançando com uma taxa de 11,2%. Dessa vez, a maior parte dos cortes está no setor de comércio e serviços. Sem a recuperação efetiva da economia no País, o panorama não deve mudar, já que o mercado de trabalho é o último a reagir.




Dados do Caged mostram que 91 mil vagas de emprego foram fechadas. Analistas falavam em um número máximo de 80 mil vagas. Apesar da melhora da economia, a realidade ainda mostra que a recessão é pesada. Continuamos em recessão com a queda na atividade de vários setores.


MARCADORES: DADOS DO CAGED, ECONOMIA, AUMENTO NO ÍNDICE DE DESEMPREGO, MILHÕES DE DESEMPREGADOS, TRABALHADOR, TRABALHO EM, DESEMPREGO EM, VAGAS DE TRABALHO EM, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS

LULA APELA PARA A ONU, E DILMA INSISTE NO "SOFRI UM GOLPE" - JULHO DE 2016



MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, JUIZ FEDERAL SÉRGIO MORO, REPÚBLICA DE CURITIBA, LULA COM MEDO, PETIÇÃO PARA A ONU, DILMA, IMPEACHMENT, NARRATIVA DO GOLPE, COMPANHEIROS, ESQUERDA, RETA FINAL

quinta-feira, 28 de julho de 2016

DENISE CAMPOS DE TOLEDO / GOVERNO TERÁ DE ASSUMIR UMA POSIÇÃO MAIS FIRME - JULHO DE 2016



Essa queda de arrecadação comprometeu, e muito, a evolução das contas públicas. As contas do governo central tiveram, no primeiro semestre, o maior rombo em 20 anos, com um saldo negativo em 32,5 bilhões de reais. Só em junho, o déficit chegou a 8,8 bilhões. É certo que no primeiro semestre ainda tínhamos uma situação muito indefinida. A presidente Dilma foi afastada em maio. A questão é que ainda não há nada mais concreto quanto à execução do ajuste da forma esperada. O governo joga para o Congresso a aprovação de medidas que possam viabilizar uma situação melhor a longo prazo. Mas não faz esforço maior pra conter gastos. As despesas estão aumentando. Sem entrar no mérito da validade ou não de determinadas medidas, o fato é que, em vez de uma contenção mais séria de despesas o que tivemos foi o reajuste do funcionalismo, do judiciário, aumento do bolsa família. O governo já teve até de recorrer a reservas, para acomodar essas despesas, apesar de ter uma meta muito ruim, que é o rombo de 170,5 bilhões de reais nas contas deste ano. E mesmo que o Congresso aprove o limite de ampliação de gastos e a economia volte a crescer, colaborando para o aumento de arrecadação, o País pode levar de 4 a 5 anos pra voltar a ter superávits. Daí a expectativa de medidas como o corte de desonerações, que são aquelas reduções de alíquotas, isenções dadas governo, para determinados produtos e serviços, que representam uns 50 bilhões de reais e, também, de algum aumento de impostos. A aposta maior é de elevação da CIDE, que recai sobre os combustíveis. O Banco Central se posicionou contra, pelo impacto que pode ter na inflação. Só que se não for feito o ajuste, o controle da inflação também fica mais difícil. O governo vai ter que assumir uma posição mais firme, e é provável que isso ocorra a partir da definição do impeachment. Caso contrário, vai ter sérias dificuldades pra reverter a deterioração das finanças públicas e barrar o avanço da dívida. Eu volto na segunda. Até lá.


MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, GOVERNO MICHEL TEMER, CONTAS PÚBLICAS

MADRUGADA PERUIBENSE, 28 DE JULHO DE 2016: MÍNIMA NOS 9°.



Nesta manhã do dia 28 de julho, a temperatura está em 11 graus com sensação térmica de 12. Durante a madrugada, a mínima foi de 9 graus. Um bom dia para um capuccino, sem dúvida.





MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, MADRUGADA FRIA / GELADA, CAFÉ DA MANHÃ, CAPUCCINO, MÊS DE JULHO, INVERNO DE 2016

quarta-feira, 27 de julho de 2016

NO SILÊNCIO DA NOITE PERUIBENSE (27 DE JULHO DE 2016), TEMPERATURA EM 11°.



Nesta noite de quarta, a temperatura caiu para 11 graus, bem fria para este inverno. Enquanto me aqueço no conforto da minha modesta residência, favorecido pelo meu aquecedor elétrico, sei que existe alguém, que sequer pode se dar ao luxo de ter computador em casa, dormirá sem dormir, e após um magro café num frio amanhecer, terá de encarar um novo dia em busca de trabalho.

A esse alguém, que talvez só venha a ler este texto em um Posto do Acessa, apenas peço que tenha esperança. Este inverno te tanto lhe incomoda acabará, chegará o verão e as oportunidades novamente serão menos escassas. Tenha paciência em sua luta por um lugar ao sol.




MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, MÊS DE JULHO, INVERNO DE 2016, MAIS UMA NOITE FRIA / GELADA

terça-feira, 26 de julho de 2016

DESEMPREGADOS PROTESTAM EM CUBATÃO (A CRISE DO DESEMPREGO NA BAIXADA SANTISTA SE AGRAVA) - JULHO DE 2016





EM CUBATÃO, DESEMPREGADOS REALIZAM PROTESTO COM APOIO DE SINDICATO 


DE A TRIBUNA ON-LINE



Grupo promove passeata para chamar atenção para a falta de vagas no município  


Centenas de moradores de Cubatão, que estão desempregados, participam na manhã desta terça-feira (26), de uma passeata pelas vias do Centro da Cidade, para chamar a atenção da população para a falta de oportunidades no Município.

O grupo, que mais cedo participou de uma reunião na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Santos (Sintracomos), também reclama que muitas das vagas de emprego ofertadas na Cidade acabam sendo destinadas a trabalhadores de outros estados, não privilegiando a mão de obra local.



FONTE: A TRIBUNA




COMENTÁRIO: mesmo com o início de um ciclo de recuperação econômica, a indústria será um dos últimos setores produtivos a se recuperar, e muitas vagas jamais serão recriadas no pólo industrial cubatense (redução das atividades na USIMINAS). Para muito desempregado que trabalhava no setor, sobrou disputar vaga em outras áreas, como comércio e serviços, e por salário menor.

Os efeitos econômicos e sociais do que ocorre em Cubatão tendem a repercutir negativamente por toda a Baixada Santista, a qual ainda está para ser atingida pela forte queda nos preços dos imóveis residenciais e comerciais (já existe queda nos valores de venda e aluguel, mas se reduzirão mais), supervalorizados por causa da hipotética exploração de petróleo, que até agora só ficou na promessa. O desemprego na construção civil tende a se agravar.

E como sempre, minha Peruíbe completamente despreparada para enfrentar essa situação, da qual a baixada só sentirá algum alívio provavelmente em 2017.


POSTAGEM RECOMENDADA: CIDADE SEM FUTURO


MARCADORES: DESEMPREGO, CLASSE OPERÁRIA, INDÚSTRIAS, PÓLO INDUSTRIAL DE CUBATÃO, TRABALHADORES CUBATENSES, PROTESTO, MANIFESTAÇÃO, SINDICATOS, PAT/ PATIO DE ATENDIMENTO AO TRABALHADOR, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, VAGAS DE TRABALHO, PERUÍBE, PERUIBENSES

segunda-feira, 25 de julho de 2016

DENISE CAMPOS DE TOLEDO / O AJUSTE FISCAL AINDA É UMA GRANDE INCERTEZA - JULHO DE 2016



A sinalização dada pela equipe econômica, para o ajuste das contas públicas, é correta. Não dá pra ter muita pressa. As propostas são de longo prazo, dependem do ambiente político. O Congresso tem de aprovar o limite para ampliação de gastos. Reformas, como da Previdência, têm de ser muito bem elaboradas, pra diminuir a resistência. O governo lança idéias e confere as reações. Faz com que a sociedade comece a assimilar possíveis mudanças, como o limite de idade, a unificação dos regimes, que envolveria o funcionalismo, os militares. Até aí tudo bem. Dá pra entender até limitações relacionadas à interinidade. Definido o impeachment, o presidente Temer deve assumir uma posição muito mais firme quanto às pressões por gastos, concessões, privatizações; as tais medidas amargas que falou e devem incluir aumento de impostos. Mas é preciso mostrar algum esforço mais consistente. Pegou mal o anúncio na sexta passada do uso de reservas - de reservas num orçamento que prevê um rombo de 170 bilhões e meio de reais - porque houve revisão pra pior das receitas e despesas. Se falou em contingenciamento, um corte de gastos, da ordem de R$ 20 bilhões. Mas a ala política teve mais força. A equipe econômica optou por usar 16,5 bilhões das reservas de pouco mais de 18 bilhões, já colocadas no orçamento pra cobrir eventuais despesas não previstas. É como se você, já no vermelho, resolvesse usar um pouco mais do limite do cheque especial, porque as contas não fecham. Não combina muito com a austeridade esperada. Traz uma certa impaciência mesmo com todo o voto de confiança dado à nova equipe. A alta do dólar hoje teve muito a ver com isso. É o receio de dificuldades ainda maiores no ajuste, enquanto a dívida pública não para de crescer. Em junho, o estoque da dívida subiu 2,77% para quase 2 trilhões e 960 bilhões de reais..O ajuste fiscal ainda é uma grande incerteza. Eu volto na quinta. Até lá.


MARCADORES: ECONOMIA BRASILEIRA, GASTOS PÚBLICOS, AJUSTE FISCAL

NA MADRUGADA EM 26 DE JULHO DE 2016, TEMPERATURA NOS 13°.



Na madrugada de segunda (25 de julho) para terça, 26, a mínima ficará em 13 graus. Eita, mas não disseram a temperatura iria subir? E tem chuva chegando.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, MÊS DE JULHO, INVERNO DE 2016, NOITE / MADRUGADA FRIA


O ESTADO É LAICO, MAS ISSO NÃO TE OBRIGA A EVITAR VOTAR EM RELIGIOSOS - JULHO DE 2016



MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, PERUÍBE, PERUIBENSES, ESTADO LAICO, LAICISMO, CRISTIANISMO, RELIGIÃO CATÓLICA, CATÓLICOS, EVANGÉLICOS, CRENTES, POLÍTICA, ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016, CANDIDATOS AO CARGO DE PREFEITO, CANDIDATOS AO CARGO DE VEREADOR, VEREADORES, NÃO CONFUNDA ESTADO LAICO COM ESTADO ATEU

IPORANGA ABRE CONCURSO PÚBLICO PARA 33 VAGAS; SALÁRIOS VÃO ATÉ R$ 7,5MIL - JULHO DE 2016





Ao todo, são 33 vagas em diversas funções, a maioria na área da saúde. As provas objetivas serão realizadas no dia 11 de setembro.

Do G1 santos

A cidade de Iporanga abriu um edital para um concurso público na cidade. As inscrições podem ser feitas a partir da próxima segunda-feira (25). Ao todo, são 33 vagas em diversas funções, com salários que variam de R$ 880 a R$ 7.580.

Os cargos são para formação no Ensino Médio e Superior. Há destaque para as vagas para agente comunitário de saúde, com salário de R$ 880 e para enfermeiros, com remuneração de R$ 3.288. Para se inscrever, o candidato deve pagar uma taxa que varia de R$ 30 a R$ 60.

As inscrições no concurso poderão ser feitas até o dia 9 de agosto. As provas objetivas, que terão 40 perguntas, serão realizadas no dia 11 de setembro. 


Para se inscrever, é preciso entrar no site CONSEP, e clicar na página CONCURSOS.


FONTE: G1 SANTOS E REGIÃO


LINK DA PRESTADORA DO CONCURSO: CONSEP






MARCADORES: CIDADE DE IPORANGA, IPORANGUENSES, VALE DO RIBEIRA, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSES, CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL, CONCURSEIROS, EMPREGOS, OPORTUNIDADES

domingo, 24 de julho de 2016

ESQUERDISTAS COMUNAS E AS ROTULAGENS - JULHO DE 2016



MARCADORES: DEPUTADO FEDERAL JAIR MESSIAS BOLSONARO, BOLSONARO 2018, ELEITORES / APOIADORES DO BOLSONARO, BOLSONÁRICOS, BOLSONARISTAS, BOLSOMINIONS (ROTULAGEM ESQUERDISTA TÍPICA DE QUEM QUER VENCER O DEBATE QUERENDO ENVERGONHAR O OPONENTE), FASCISMO, NAZISMO, COMUNISMO, SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, CHINA, JAPÃO, ESTUPRO DE NANQUIM / NANKING, DEMOCRACIA, POLÍTICA BRASILEIRA, PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, DEBATES, DIREITA, ESQUERDA, ESQUERDISTA SEM ARGUMENTO APELA PARA ROTULAR O OPONENTE

quinta-feira, 21 de julho de 2016

BOLSONARO E A ROTULAGEM CONTRA OS BOLSONÁRICOS - JULHO DE 2016




MARCADORES: DEPUTADO FEDERAL JAIR MESSIAS BOLSONARO, BOLSONARO 2018, ELEITORES / APOIADORES DO BOLSONARO, BOLSONÁRICOS, BOLSONARISTAS, BOLSOMINIONS (ROTULAGEM ESQUERDISTA TÍPICA DE QUEM QUER VENCER O DEBATE QUERENDO ENVERGONHAR O OPONENTE), FASCISMO, NAZISMO, COMUNISMO, DEMOCRACIA, POLÍTICA BRASILEIRA, PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, DEBATES, DIREITA, ESQUERDA, ESQUERDISTA SEM ARGUMENTO APELA PARA ROTULAR O OPONENTE


DENISE CAMPOS DE TOLEDO / INDEXAÇÃO E INCERTEZAS AFETAM A INFLAÇÃO - JULHO DE 2016



Essa alta do IPCA-15, que é a prévia da inflação oficial, superou as projeções, mas não alterou a expectativa de uma inflação mais baixa, que possa ficar ao redor de 7% no fechamento deste ano. A pressão agora veio muito de alimentação, como nós vimos, e deve perder força com a normalização da oferta do feijão, do arroz, do leite, que são os produtos que mais estão pesando. De qualquer modo, a inflação mostra resistência, o que até justifica a manutenção dos juros elevados pelo Banco Central. Mesmo com a recessão e o dólar mais baixo, que induzem um comportamento melhor dos preços, a inflação ainda está rodando num nível muito alto. Deve fechar o ano acima do teto da meta, que é 6,5%. Tem essas pressões inesperadas; tem a indexação, ainda muito presente na nossa economia, que é a correção de preços e serviços com base na inflação passada; e tem as incertezas em relação ao ajuste das contas públicas. O governo, a nova equipe econômica, estão gerando maior confiança em relação ao ajuste fiscal, com propostas de reformas, como da Previdência, limitação de gastos. Mas o avanço dessas propostas vai depender muito do clima político, até da definição do impeachment. Enquanto não houver maior segurança e começarem a aparecer dados mais concretos, referentes a essa esperada melhoria das finanças, o governo, com gastos acima da receita, continua atrapalhando o controle da inflação. Isso foi até destacado pelo Banco Central no comunicado de ontem que veio junto com o anúncio da manutenção da taxa básica em 14,25% ao ano. Só a previsão de inflação mais baixa não garante corte dos juros. Mas, o ambiente é de maior confiança. Confiança no ajuste das contas públicas, no comportamento da inflação, na reversão da crise, e por causa desse ambiente mais favorável, a expectativa ainda é de alguma redução dos juros antes do final do ano. Portanto, podemos fechar 2016 com dois dados favoráveis: a retomada do crescimento, que é a inflação mais baixa, com juros um pouco menores. Além, é claro, de outras medidas que podem ajudar, como a aceleração das concessões, de privatizações, fora a retomada de investimentos, aumento das exportações. Ao contrário de alguns meses atrás, agora há um horizonte, pelo menos, de reorganização da economia. Eu volto na segunda. Até lá.


MARCADORES: GOVERNO MICHEL TEMER, INFLAÇÃO, IMPEACHMENT DA DILMA 2016

terça-feira, 19 de julho de 2016

VENEZUELANOS FAMINTOS, ATENTADO NA FRANÇA E INTERVENÇÃO NA TURQUIA - JULHO DE 2016




MARCADORES: CRISE ALIMENTAR NA VENEZUELA, VENEZUELANOS COMPRANDO COMIDA NO BRASIL, SOCIALISMO BOLIVARIANO, COMUNISMO, FASCISMO, TERRORISMO NA FRANÇA, ATAQUE TERRORISTA COM CAMINHÃO, ARMAS, FALÁCIA DO DESARMAMENTO, FRACASSO DO GOLPE / INTERVENÇÃO NA TURQUIA

MADRUGADA DO DIA 19 DE JULHO DE 2016: TEMPERATURA EM 7°.



Na madrugada desta terça, 19 de julho de 2016, a temperatura chegou aos 7 graus, um pouco menos frio do que a madrugada de ontem, mas bem severo para os padrões de um inverno em Peruíbe.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, INVERNO 2016, MÊS DE JULHO, MUITO FRIO, BAIXA TEMPERATURA, NOITE / MADRUGADA GELADA

DENISE CAMPOS DE TOLEDO / BRASILEIRO ESTÁ MAIS PREOCUPADO COM EMPREGO - JULHO DE 2016



Uma coisa são as expectativas outra é a realidade. E a realidade mostra um desempenho ainda bem ruim do País, com queda de atividade dos vários setores e aumento das demissões, o que deixa mesmo o brasileiro mais preocupado com o emprego. Por mais que se conte com a retomada da economia, as empresas ainda estão fazendo ajustes. Na sexta-feira mesmo a FIESP, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, anunciou o corte de mais 16 mil e 500 vagas em junho, totalizando 57 mil e 500 demissões desde o começo do ano, com previsão que chegue a 165 mil. E olha que a indústria foi o primeiro setor a entrar em crise, antes mesmo de a economia entrar em recessão. Como o mercado de trabalho é sempre o último a reagir, o temor do desemprego não é sem motivo. E o fato é que 2016 vai ser mais um ano de recessão. O relatório Focus, divulgado hoje pelo Banco Central, mostrou que o mercado ainda espera um tombo de 3,3% do PIB este ano. Melhorou. Já chegou a falar numa retração de mais de 4%. Mas a crise ainda é pesada e a recuperação vai ser lenta. O mesmo relatório traz a previsão de uma expansão, no ano que vem, de apenas 1,1%. A expectativa ainda é de desemprego em alta. O próprio governo já falou em 14 milhões de desempregados. Pra mudar um pouco o cenário, sinaliza agora com medidas que possam acelerar a retomada. É ver qual será a estratégia. Os juros devem continuar altos pra viabilizar uma queda mais rápida da inflação, o que segura o consumo. O dólar segue com tendência de baixa, pelas condições do próprio mercado, o que reduz o potencial de aumento das exportações. Com as contas no vermelho, o governo ainda pode aumentar impostos, cortar desonerações, financiamentos. Portanto, a margem de manobra pra induzir o crescimento é pequena. Depende mais da reestruturação mesmo da economia e de uma maior confiança. Pra isso são necessárias ações mais concretas. Eu volto na quinta. Até lá.


MARCADORES: ECONOMIA, 14 MILHÕES DE DESEMPREGADOS, TRABALHADOR, TRABALHO EM, DESEMPREGO EM, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS


segunda-feira, 18 de julho de 2016

MADRUGADA DE 18 DE JULHO DE 2016 EM PERUÍBE - TEMPERATURA EM 4°.


Na madrugada de domingo - 17 de julho - para segunda (18), a temperatura despencou para apenas 4 graus. Sim, isso mesmo, 4 graus, que talvez venha a ser a menor a ocorrer em Peruíbe neste inverno .... ou não. Aguardemos.






MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, MUITO FRIO, BAIXAS TEMPERATURAS, NOITE FRIA, MADRUGADA GELADA, FRENTE FRIA, MADRUGADA GELADA, INVERNO DE 2016

domingo, 17 de julho de 2016

sábado, 16 de julho de 2016

NOITE DE 16 PARA 17 DE JULHO DE 2016: TEMPERATURA EM 13°, SENSAÇÃO TÉRMICA EM 12°.



Na madrugada do dia 16 (sábado) para 17 (domingo) de julho, mínima em 13, sensação térmica em 12 graus. Dizem que do dia 17 para 18 (segunda) será ainda mais frio.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, FRIO, NOITE GELADA, MADRUGADA, INVERNO DE 2016

quinta-feira, 14 de julho de 2016

VAREJO RECUA 9% EM MAIO; MAIOR QUEDA PARA O MÊS DESDE 2001 | JORNAL DA MANHÃ | JOVEM PAN



O varejo recuou 9% em maio em comparação com o mesmo mês do ano passado. No entanto, segundo o IBGE, esse patamar registra a maior queda para o mês desde 2001.

MARCADORES: ECONOMIA, VAREJO EM/ DE, COMÉRCIO, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS

quarta-feira, 13 de julho de 2016

SERÁ QUE A ECONOMIA PAROU DE PIORAR? | DENISE CAMPOS DE TOLEDO | JOVEN PAN - JULHO DE 2016



O mercado está um pouco mais animado quanto ao comportamento da inflação. O Relatório Focus anunciado nesta segunda-feira (11) apresentou uma pequena projeção da inflação. O mercado passa a trabalhar, segundo Denise, com um melhor comportamento da inflação e a economia brasileira aparenta ter passado pela pior fase da crise. Assista ao comentário de Denise Campos de Toledo.


MARCADORES: ECONOMIA, QUEDA DA INFLAÇÃO, GOVERNO MICHEL TEMER, EX-PRESIDENTE DILMA / LULA/ PT VIRANDO PASSADO, MÍDIA PRÓ-DILMA ASSISTA AO VÍDEO ACIMA, JORNAIS DE, RÁDIOS DE, EMISSORAS DE TV DE, BLOGS DE, NOTÍCIAS DE, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS


segunda-feira, 11 de julho de 2016

OPORTUNIDADES DE EMPREGO NA BAIXADA SANTISTA - 11 DE JULHO DE 2016



FONTE: A TRIBUNA


MARCADORES: LITORAL PAULISTA, REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA, PAT / POSTO DE ATENDIMENTO AO TRABALHADOR, VAGAS DE EMPREGO, CIDADE DE SANTOS, SANTISTAS, SÃO VICENTE, SÃO-VICENTINOS, PRAIA GRANDE, PRAIAGRANDENSES, GUARUJÁ, GUARUJAENSES, CUBATÃO, CUBATENSES, MONGAGUÁ, MONGAGUAENSES, ITANHAÉM, ITANHAENSES, PERUÍBE, PERUIBENSES


sábado, 9 de julho de 2016

TEMPERATURA EM 9° EM PERUÍBE, NA MADRUGADA DE 9 DE JULHO DE 2016



A madrugada de hoje, dia 9 de julho de 2016, atingiu a temperatura mínima de 9 graus. Dizem a próxima noite também será gelada para os padrões do inverno peruibense. Se agasalhem bem, pessoal.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, FRIO, MADRUGADAS FRIAS E GELADAS, NOITE, INVERNO DE 2016, MÊS DE JULHO

sexta-feira, 8 de julho de 2016

FALANDO SOBRE O ARREGO DE DILMA E O BOLSONARO NO AEROPORTO DE FORTALEZA - JULHO DE 2016



MARCADORES: FUTURA EX-PRESIDENTE DILMA NÃO FOI AO SENADO PARA SE DEFENDER, COMISSÃO ESPECIAL DO IMPEACHMENT, DEPUTADO FEDERAL JAIR MESSIAS BOLSONARO NO AEROPORTO DE FORTALEZA, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS

ALGUNS VÍDEOS SOBRE O DEPUTADO FEDERAL JAIR MESSIAS BOLSONARO EM FORTALEZA - 7 DE JULHO DE 2016








MARCADORES: DEPUTADO FEDERAL JAIR MESSIAS BOLSONARO VISITANDO FORTALEZA / CEARÁ, REGIÃO NORDESTE DO BRASIL, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS

DENISE CAMPOS DE TOLEDO / VIRADA NO CICLO ECONÔMICO DEPENDE DE CONFIANÇA - JULHO DE 2016




A equipe econômica se esforçou pra apresentar números menos ruins, mas não tem jeito. O rombo pode ser até menor que se especulava, mas vai demorar muito para as contas voltarem a ter superávits. A deterioração foi pesada demais, com as despesas crescentes da Previdência, que tem muita irregularidade como vimos, gastança exagerada, queda forte de receita, por causa da recessão, que derrubou a geração de impostos. E ainda tem as bondades de agora. Michel Temer pegou muita coisa encaminhada e pra não encarar mais resistência foi cedendo. Apoiou o reajuste do funcionalismo, deu aumento para o Bolsa Família superior ao anunciado por Dilma, liberou dinheiro pra educação, renegociou as dívidas dos Estados. Situação, aliás, ainda em aberto. Até por um erro de estratégia, não conseguiu a aprovação de urgência da matéria na Câmara. Define agora a nova meta fiscal do próximo ano sem saber quanto a renegociação vai pesar. Agora, o fato é que mesmo propondo mudanças que determinem uma evolução melhor das contas a longo prazo, como a limitação do aumento das despesas com base na inflação passada e a reforma da previdência, o governo Temer vai ter de conviver com imensos déficits das contas, como o deste ano, de mais de 170 bilhões de reais e do ano que vem, que pode ficar nos 140 bilhões. O governo pode acelerar concessões, privatizar, ampliar o prazo da repatriação de recursos, rever programas sociais, gastos com benefícios, como o auxílio doença e invalidez, e até aumentar impostos, o que ainda não dá pra descartar, que as contas vão ficar no vermelho. O mais importante é que, além da aprovação das medidas e reformas de maior alcance, consiga convencer a sociedade, agentes econômicos, investidores, que está fazendo a coisa certa, que a situação vai melhorar, mesmo. Se passar confiança, o custo de rolagem da dívida e de captação de recursos cai, a inflação pode baixar mais fácil, dando espaço para o corte dos juros, a curva da dívida pública melhora, a economia reage mais, reforçando a geração de impostos, o que ajudaria no ajuste fiscal. Uma virada no atual ciclo da economia depende muito da confiança. Daí a preocupação com o anúncio da nova meta ou do novo rombo das contas pra 2017. Temer terá de trabalhar muito bem com essa situação que, em princípio, é bem negativa. Eu volto na segunda. Até lá.



MARCADORES: GOVERNO DO PRESIDENTE MICHEL TEMER, ECONOMIA, CICLO ECONÔMICO, RECESSÃO, GASTOS PÚBLICOS, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS

CETESB ENCONTRA MICROALGAS TÓXICAS EM PRAIAS DE SANTOS, PERUÍBE E SÃO SEBASTIÃO - JULHO DE 2016




Substância encontrada no mar pode provocar diarreia aos banhistas e a quem consumir moluscos

DE A TRIBUNA ON-LINE

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) constatou a presença da microalga “Dinophysis acuminata”, produtora de uma toxina que causa diarreia, na Ponta da Praia, em Santos, Guaraú, em Peruíbe, e na praia das Cigarras, em São Sebastião. A coleta das amostras ocorreu no domingo (3).

De acordo com o órgão, esse tipo de substância é encontrada em moluscos, como ostras e mexilhões, organismos marinhos que filtram a água do mar e acabam acumulando a substância em seus músculos.

No final de junho, esse mesmo microorganismo, do grupo dos chamados dinoflagelados, já havia sido encontrado nas praias de Martin de Sá e Cocanha, em Caraguatatuba.

Ainda segundo a Cetesb, os resultados das análises em laboratório foram comunicados ao Centro de Vigilância Sanitária, da Secretaria de Estado de Saúde, para que alerte as prefeituras da região, do setor de pesca e a população, da necessidade de se evitar o consumo de moluscos neste período.

A Cetesb também recomenda que se evite contato direto com a água nessas praias e onde a presença de uma mancha marrom-avermelhada seja visível.

Histórico

A primeira ocorrência da microalga tóxica foi registrada em Santa Catarina e no Paraná. Desde a semana passada, o fenômeno é registrado no litoral paulista, trazidas pelas correntes marítimas. Os técnicos da Cetesb acreditam que esta ocorrência pode se perdurar, na costa paulista, por um período de até 30 dias, quando as algas devem se deslocar para outras regiões costeiras em direção norte ou para alto mar, dependendo das condições oceânicas.



FONTE: A TRIBUNA



MARCADORES: OCEANO ATLÂNTICO, MAR, PRAIAS, MICROALGAS TÓXICAS, RELATÓRIO, CETESB, BANHO DE MAR, BAIXADA SANTISTA, PERUÍBE, PERUIBENSE

quarta-feira, 6 de julho de 2016

TEMER É UM GRANDE GESTOR PÚBLICO / SENADORA ANA AMÉLIA - JULHO DE 2016



Ana Amélia PP/RS fala na comissão do impeachment. A senadora ressalta a eficiência de Temer em relação ao plano Bolsa Família que conseguiu um aumento de 12% graças a peneira realizada que inativou milhares de contemplados ineptos. A viabilização será de 2,5 bilhões para o plano.


MARCADORES: GOVERNO DO PRESIDENTE MICHEL TEMER, PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA EM, DE, CORTE DE GASTOS ATRAVÉS DE MELHOR GESTÃO, AUMENTO DO VALOR DO BENEFÍCIO, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS, A NUVEM DA DILMA (SÓ POSSO RIR ... TENHO RIDO TANTO!)

segunda-feira, 4 de julho de 2016

EU AINDA QUERO ENTENDER COMO ALGUÉM VOTOU NESSA SENHORA (PARA ELEGE-LA E REELEGE-LA) E AINDA NÃO SE ARREPENDEU - JULHO DE 2016

Eleitor da Dilma ... vem cá. Por favor, vem cá: COMO É QUE VOCÊ VOTOU NA DILMA, REELEGEU ELA, E AINDA ACHA QUE FEZ CERTO, E DIZ QUE A CIDADÃ SOFREU UM "GOLPE"? Olha aí a tua querida "presidenta", em mais um ridículo momento que deveria te fazer refletir.

A melhor propaganda contra a Dilma é deixarmos ela falar. Simples assim. Assista um pouco e vê se entende o que quero dizer, eleitor da Dilma que ainda não aceitou a realidade.

Quanto a nuvem ... só posso rir, Dilma. Desde que eu percebi que a reeleição da senhora apenas desfavoreceu ao projeto de poder petista (basta ver o vídeo, pois os fatos estão na cara até de quem não quer vê-los) PASSEI A RIR MUITO.




MARCADORES: EX-PRESIDENTE DILMA FALANDO BOBAGEM, GOVERNO DILMA / LULA/ PT VIRANDO PASSADO, MÍDIA PRÓ-DILMA ASSISTA AO VÍDEO ACIMA, JORNAIS DE, RÁDIOS DE, EMISSORAS DE TV DE, BLOGS DE, NOTÍCIAS DE, PERUÍBE, PERUIBENSE, VALE DO RIBEIRA, VALERIBEIRENSE, ANA DIAS, ITARIRI, ITARIRIENSE, PEDRO DE TOLEDO, PEDRO-TOLEDENSE, MIRACATU, MIRACATUENSE, JUQUIÁ, JUQUIAENSE, REGISTRO, REGISTRENSE, IGUAPE, IGUAPENSE, ILHA COMPRIDA, ILHACOMPRIDENSE, SETE BARRAS, SETE-BARRENSE, PARIQUERA-AÇU, PARIQUERENSE, JACUPIRANGA, JACUPIRANGUENSE, CANANÉIA, CANANIENSE, BARRA DO TURVO, BARRA-TURVENSE, CAJATI, CAJATIENSE, IPORANGA, IPORANGUENSE, ELDORADO, ELDORAENSE, BARRA DO CHAPÉU, BARRENSE, SANTOS, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA, ESTADO DE SÃO PAULO, CURITIBA, PARANÁ, LITORAL PARANAENSE, BRASIL, BRASILEIROS, A NUVEM DA DILMA (SÓ POSSO RIR ... TENHO RIDO TANTO!)

sábado, 2 de julho de 2016

RECEPÇÃO AO DEPUTADO FEDERAL JAIR BOLSONARO EM CUIABÁ - MATO GROSSO | 30 DE JULHO DE 2016









MARCADORES: DEPUTADO FEDERAL JAIR MESSIAS BOLSONARO, AEROPORTO DE CUIABÁ, VISITA EM CUIABÁ DIA 30 DE JUNHO DE 2016, ESTADO DO MATO GROSSO, REGIÃO CENTRO-OESTE, BRASIL, BRASILEIROS, BOLSONARO PRESIDENTE 2018

FESTA DA TAINHA NA BARRA DO UNA - JULHO DE 2016








UM POUCO DE BAILE DE VIOLA NO CENTRO COMUNITÁRIO DA BARRA DO UNA, EM 2015


FESTA DA TAINHA NA BARRA DO UNA
DIAS 8 E 9 DE JULHO DE 2016, SEXTA E SÁBADO
FESTA CAIÇARA, BAILE DE VIOLA, FORRÓ, PRATOS TÍPICOS COM TAINHA


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, PERUIBANO, CULTURA CAIÇARA, CAIÇARAS, BAIRRO DA BARRA DO UNA, RESERVA ECOLÓGICA DA JURÉIA, MÚSICA FOLCLÓRICA CAIÇARA FANDANGO, BAILE CAIÇARA, FORRÓ, COMIDA / CULINÁRIA CAIÇARA, PRATOS TÍPICOS CAIÇARAS, PEIXES, FESTA DA TAINHA NA BARRA DO UNA, 8 E 9 DE JULHO DE 2016

sexta-feira, 1 de julho de 2016

PRESIDENTE TEMER AUMENTOU O VALOR DO BOLSA FAMÍLIA - JUNHO DE 2016



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, PROGRAMA SOCIAL, POBREZA, MISÉRIA, BOLSA FAMÍLIA, PRESIDENTE MICHAEL TEMER. TEMER REAJUSTOU O BOLSA FAMÍLIA, PROGRAMAS SOCIAIS