sexta-feira, 28 de março de 2014

TRANSPORTE COLETIVO SEM CONTO DE FADAS



Jhonnatha Fernandes 

  Esta em alta discutir o transporte no Brasil, mas infelizmente poucas pessoas desejam discutir de forma aberta e clara o assunto. Há muitos querendo melhorar o transporte público, mas até agora não vi propostas que realmente visem melhorar nosso sistema. Todas as propostas se baseiam em interesses de grupos e ideologias que pretendem apenas controlar a máquina pública e garantir os votos das próximas eleições.

Um problema de mentalidade: Transporte coletivo ou transporte público? 

Certamente há muitos entraves em nossa forma de pensar que nos impede de discutir este problema de forma legítima e uma delas é a mentalidade de que o transporte coletivo é público, ou seja, é de inteira responsabilidade do estado prover tal serviço. Isto nos coloca em um problema que é a subserviência ao estado e nos leva a ficar dependentes de acordos e tratos obscuros que a população não conhece seus meandros e pormenores. Com isso a população fica a mercê de preços tabelados entre as empresas que recebem altas quantias do governo e o próprio governo. Isso impossibilita que o valor das passagens tenham decréscimos, promoções ou outros benefícios que haveriam caso estas empresas não houvessem vínculos com o estado.

Porém não adianta apenas retirar da teta do governo as empresas, é preciso gerar concorrência. Sem isso, continuaríamos dependendo apenas de um fornecedor do serviço e ela continuaria tendo o controle do mercado podendo controlar os valores da tarifa. É preciso gerar concorrência, seja com empresas que forneçam a mesma forma de transporte ou de outros tipos, para que fique a critério da população decidir qual é a melhor fornecedora de serviços. Com isso não caberá aos governos pressionar e negociar a instalação de ônibus com ar-condicionado, trens mais modernos e rápidos e etc. Estas melhorias seriam adicionadas pelas próprias empresas, que como não tem dinheiro garantido do governo precisam gerar um bom serviço para atrair mais clientes, e claro com um preço agradável.

 Mas esta dependência nossa do estado é histórica. Dede a década de 1930, com Getúlio Vargas, foi construído no brasileiro a ideia de que o governo é como um “pai” que deve fornecer aquilo que necessitamos. Esta mentalidade é no mínimo maliciosa e esta presente em ideologias como o fascismo, nazismo e o socialismo. O indivíduo é quem conhece suas necessidades e sabe o que é melhor para si, ao estado cabe apenas a garantia das condições mínimas para que isso ocorra.

Transporte coletivo é somente para pobre?

Outro problema é o pensamento de que o transporte coletivo é algo destinado aos pobres. Esta mentalidade é fruto dos altos custos da aquisição de automóveis no Brasil e a falta de opções de transportes em nosso país. Com a escolha pelas estradas na década de 1950 o Brasil não investiu como deveria em outras formas de transporte como trens, metrôs, aviação e hidrovias. Isso gerou uma dependência muito grande no início e hoje uma saturação do sistema rodoviário tanto nas áreas urbanas como nas viagens por todo o país. Com esta saturação e o sucateamento das ferrovias do país, só temos as estradas para escoar a produção industrial e agrícola do país e transportar as pessoas.

Nas cidades este cenário provocou um inchaço das poucas opções de transportes existentes. A combinação de poucas opções de linhas de trens e metrôs e o caos rodoviário fez com que utilizar o transporte coletivo em nossas cidades fosse como experimentar a sensação de estar enlatado como uma sardinha.

Como nosso transporte é um caos, nem um pouco eficiente e ainda sofre com o problema da insegurança, aqueles com maior poder aquisitivo preferem não utilizar o serviço. Para nós é muito complicado imaginar grandes empresários, governadores e até mesmo celebridades nos metrôs, trens ou ônibus. Mas esta é a realidade em cidades por todo o mundo como Tóquio, Londres e Nova York. É uma questão de lógica, com eficiência e segurança não há porque não utilizar o transporte coletivo.

 A utopia de que o dinheiro público nasce em árvore



Há um movimento em várias cidades brasileiras denominado “Passe Livre”, mas desculpem aqueles que defendem tal ideia, defender tal pensamento é de um desconhecimento total de economia ou desonestidade intelectual mesmo.

Defender o “Passe Livre” é fácil no país das maravilhas, mas aqui no mundo real não é tão simples assim. Esta proposta defende que todo o sistema de transporte deve ser subsidiado com dinheiro público. Pois bem, mas este pessoal pensa que o dinheiro público vem de onde? Cresce em árvores, brotam do asfalto ou nascem como capim? Para a tristeza dos defensores deste pensamento, seus ideais funcionam muito bem na teoria, na prática empaca totalmente, já que o dinheiro tem que vir de algum lugar. E especificamente o dinheiro público vem dos impostos pagos pela população. Mas espera, as coisas não são caras exatamente pelos altos impostos que pagamos? Sim. Agora imaginem que teremos que pagar todo o sistema de transportes. 

Só para efeito de comparação, nos melhores sistemas de transportes coletivos do mundo quem paga a tarifa é o usuário. Em nenhum deles a tarifa é gratuita e em quase todas há um intercâmbio entre os diferentes transportes como metrô, trem, ônibus, táxi e etc. O brasileiro já trabalha cerca de cinco meses e meio para pagar impostos, quanto teríamos de pagar para pôr em prática o “Passe Livre”. Devemos parar de imaginar soluções ilusórias e mágicas e começar a olhar o que funciona. Afinal, quem não gostaria de um sistema de transporte como o de Nova York, Tóquio ou Paris? 

Concluindo sem finalizar

Com certeza há ainda muitos outros fatores a serem analisados e discutidos, mas estes são pontos importantes e imprescindíveis para se começar a trabalhar uma solução economicamente viável para nossas cidades e população. A questão econômica e a segurança são outros fatores de suma importância para tratar o problema. O monopólio de empresas e seus acordos obscuros com governos municipais e estaduais são outros empecilhos que devem ser enfrentados. Este assunto não se finaliza aqui, mas com certeza não será buscando soluções de contos de fada que iremos alcançar um transporte de qualidade para nossas cidades e para nosso país.


FONTE: MORAL POLÍTICA



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CIDADE, MUNICÍPIO


quinta-feira, 27 de março de 2014

PESQUISA CNI/IBOPE DA DILMA - 27 DE MARÇO DE 2014



Avaliação positiva do governo Dilma cai para 36%, indica CNI/Ibope 

Entre dezembro do ano passado e março, a aprovação da maneira de governar da presidente também caiu de 56% para 51% 

 Ricardo Brito e Bernardo Caram - Agência Estado 

Brasília - A avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff caiu de 43% para 36% em relação a dezembro, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira, 27. No mesmo período, o porcentual de entrevistados que consideram o governo regular registrou oscilação dentro da margem de erro de 35% para 36% dos e os que o avaliam o governo como ruim ou péssimo subiu de 20% para 27%. 

 Em meados de fevereiro, levantamento realizado pelo Ibope já indicava queda na taxa de aprovação do governo de 43% para 39%, na comparação com dezembro. Assim, a avaliação positiva do governo voltava aos níveis observados entre agosto e novembro, quando oscilou entre 37% e 39%. 

 Na semana passada, o mesmo Ibope divulgou pesquisa sobre a corrida presidencial, segundo a qual Dilma tem 43% das intenções de voto, o mesmo índice registrado em novembro de 2013, data do levantamento anterior. Com esse índice, a petista mantém a expectativa de vencer no 1º turno na eleição em outubro. O levantamento anterior foi realizado entre 13 e 17 de março. 

 Maneira de governar. De acordo com o levantamento da CNI/Ibope, divulgado nesta quinta, o porcentual dos entrevistados que aprovam a maneira da presidente Dilma Rousseff de governar caiu de 56% para 51%. Ao mesmo tempo, aqueles que desaprovam a maneira da atual presidente de governar subiu de 36% para 43%. 

 Assim como a avaliação positiva, a aprovação da maneira de governar de Dilma inverteu a trajetória favorável. Em julho, 49% reprovavam a maneira de governar, superando, na ocasião, aqueles que a aprovavam, que eram 45%. Isso ocorreu logo após o início dos protestos de rua País afora. Foi a única vez que ela registrou uma reprovação superior à aprovação da maneira de governar desde que assumiu a presidência, em 2011. 

A confiança na presidente Dilma diminuiu de 52% para 48%. O porcentual dos que não confiam nela subiu no mesmo período de 41% para 47%. Na prática, os indicadores de confiança e desconfiança estão tecnicamente empatados. O índice dos que não souberam ou não quiseram responder a essa pergunta também oscilou de 7% para 5%, dentro da margem de erro. Nos dois primeiros anos de governo, 75% confiavam na presidente.

 A primeira pesquisa CNI/Ibope de 2014 foi realizada entre os dias 14 e 17 deste mês com 2.002 pessoas em 141 municípios. O levantamento tem margem de erro de dois pontos porcentuais e foi registrado na Justiça Eleitoral sob o número BR-00053-2014. A sondagem foi feita, portanto, antes da revelação de que a presidente Dilma Rousseff, quando presidia o Conselho de Administração da Petrobrás, votou a favor da compra de parte da refinaria de Pasadena com base em um resumo juridicamente "falho". 

 Em 2012, a estatal concluiu a compra da refinaria e pagou ao todo US$ 1,18 bilhão por Pasadena, que, sete anos antes, havia sido negociada por US$ 42,5 milhões à ex-sócia belga. A oposição protocolou nesta quinta o pedido para a abertura de uma CPI no Senado para investigar o caso.


FONTE: ESTADÃO



COMENTÁRIO: hoje é dia do meu aniversário, e ADOREI o presente. Esse resultado é anterior ao estouro do escândalo da refinaria, imagina como será na próxima pesquisa.

Sou otimista. Só petista muito deslumbrado para acreditar numa vitória da Dilma. Do jeito que vai, nem num fictício QUARTO TURNO a presidente conseguiria se reeleger. 

E a Bolha Imobiliária ainda nem estourou .... pobre Dilma, pobre PT !!!

Encerra a postagem, Carmem Miranda (não me aguento de rir aqui) !!!






POSTAGEM RECOMENDADA: MAIS UMA CACETADA DA DILMA


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, POLÍTICA, ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE 2014, IBOPE DA DILMA, A POPULARIDADE DA "PRESIDENTA"

segunda-feira, 24 de março de 2014

NOITE DE MEDO EM PERUÍBE



Paralisação de motoristas deixa usuários sem ônibus em Peruíbe 

Da Redação

Usuários do transporte coletivo em Peruíbe ficaram sem ônibus na manhã desta segunda-feira. A paralisação realizada até o meio-dia tinha como objetivo chamar a atenção das autoridades para os constantes assaltos praticados contra motoristas da Intersul, responsável pelo transporte municipal. Porém, após representantes do Sindicato dos Rodoviários, Polícia Militar e da empresa conversarem, os coletivos voltaram a circular normalmente. 

 Motoristas de ônibus alegam que o número de assaltos tem crescido nos últimos meses, gerando traumas psicológicos, além de riscos à vida dos profissionais. Além disso, a categoria critica que, em casos de roubos, muitas vezes o cobrador era obrigado a reembolsar o valor levado pelos bandidos. 

No encontro, a Intersul se comprometeu a devolver o dinheiro descontado dos funcionários assaltados. Já a Polícia Militar garantiu que estudará possibilidades de armar uma operação especial, voltada para coibir e reprimir crimes a ônibus. 

 Em seu perfil no Facebook, a prefeita de Peruíbe, Ana Preto (PTB), disse que irá apurar o ocorrido. Ela citou ainda que a segurança pública é de responsabilidade do Estado e cobrou providências. Uma reunião foi agendada para discutir o problema. 


FONTE: A TRIBUNA


COMENTÁRIO: Esta é uma segunda-feira - 24 de março de 2014 - espantosamente silenciosa, e por motivos conhecidos por qualquer peruibense razoavelmente informado.

Sei que a temporada acabou, o último carnaval já está distante no calendário mas ... eita noite de segunda mais silenciosa. Nove da noite, vi menos carros aqui no centro como de costume ... e menos pessoas caminhando também. Ciclistas também ficaram raros.

Me parece que a paralisação dos funcionários (que também "parou" Peruíbe por algumas horas) da empresa de ônibus fez muita gente perceber que nem todos os comentários feitos sobre o aumento espantoso da criminalidade são boatos.

Esta é uma noite de medo. De todos os PROBLEMAS PERUIBENSES, agora mais um se apresenta, e não está restrito a algum distante e pobre bairro suburbano. Que nos restará fazer?


POSTAGENS RECOMENDADAS: QUER TORNAR A SUA VIDA MELHOR? COMECE FAZENDO AS PERGUNTAS CERTAS

A ESCOLHA DE JOR-EL


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, TRANSPORTE PÚBLICO, ROUBO, VIOLÊNCIA URBANA, CRIME, ASSALTOS, E AGORA?

domingo, 23 de março de 2014

CONCURSO PÚBLICO PARA A PREFEITURA DE SÃO JOSÉ - SC 2014



A Prefeitura de São José, estado de Santa Catarina, publicou três editais com normas para realização de concurso público que irá preencher 123 vagas e formar cadastro reserva em diversos cargos municipais. 

O edital 01/2014 conta com 54 vagas para cargos de agente de fiscalização ambiental (1), agente de fiscalização (2), agente de fiscalização tributária (5), analista de recursos humanos (1), analista jurídico (1), analista previdenciário (1), arquiteto (1), bibliotecário (1), biólogo (1), contador (3), engenheiro sanitarista (1), engenheiro civil (1), engenheiro de tráfego (1), engenheiro químico (1), geográfo (2), geólogo (1), intérprete de libras (1), nutricionista (1), orientador social (3), professor de educação física (1), terapeuta ocupacional (1), agente administrativo (1), agente de fiscalização de consumo (2), agente de fiscalização em posturas (5), agente de defesa civil (2), agente fazendário (5), cuidador (2), mestre de embarcação (1), monitor (1), motorista de ônibus (1), motorista (2) e operador de máquinas (1). 

O edital 02/2014 oferece 62 vagas nas funções de agente de fiscalização sanitária (1), enfermeiro da família (10), fisioterapeuta (1), fonoaudiólogo (1), médico cardiologista (1), médico clínico geral (6), médico endocrinologista pediátrico (1), médico ginecologista (1), médico infectologista (1), médico oftalmologista (1), médico oftalmologista pediátrico (1), médico ortopedista (1), médico otorrinolaringologista (1), médico pediatra (1), médico pneumologista (1), médico proctologista (1), médico psiquiatra (1), médico psiquiatra infantil (1), médico radiologista (1), médico urologista (1), médico da família (1), médico veterinário (1), técnico em enfermagem (5), técnico em enfermagem da família (5), técnico em radiologia e imagem (1), agente de combate às endemias (5) e agente comunitário de saúde (10). 

 Um terceiro edital (03/2014) abre 7 vagas na educação em funções de professor de história (1), professor de ciências contábeis (1), professor de matemática/estatística (1), professor de filosofia (1), professor de português (1), professor de ciências sociais (1) e técnico em infraestrutura escolar (1). 

Os salários ofertados chegam a R$ 8.072,43, mais gratificações. 

 Inscrição 

A inscrição somente será efetuada via internet, no endereço eletrônico da organizadora FEPESE, no período entre 12h do dia 17 de março às 16h de 22 de abril de 2014. A taxa de inscrição varia entre R$ 50,00 e R$ 120,00. 

Provas 

A prova escrita será realizada no dia 18 de maio de 2014, em local que será divulgado no endereço eletrônico http://2014saojose.fepese.org.br, na data provável de 15 de maio de 2014. Haverá também prova prática para alguns cargos e avaliação de títulos para nível superior. 

A prova e o gabarito provisório serão divulgados no endereço eletrônico já citado a partir das 20 horas do dia da sua realização. 

O presente concurso público terá validade por dois anos, prorrogável a critério da administração pública municipal.


FONTE:ACHE CONCURSOS






MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CONCURSO PÚBLICO, CONCURSEIRO, EMPREGO, OPORTUNIDADES

sexta-feira, 21 de março de 2014

PERUÍBE JAZ EM POEIRA







Farei uma lista rápida dos PROBLEMAS PERUIBENSES, neste espantoso mês de março em 2014:

Desemprego elevado (como sempre);

empregos com baixos salários predominam;

SUS - sistema único de saúde / saúde pública municipal - aquém das necessidades da população peruibense;

sistema de transporte coletivo insatisfatório (frota de ônibus que deixa a desejar);

criminalidade/violência urbana dominando as ruas;

conflitos políticos se intensificando;

insatisfação popular crescente, semente de grandes protestos populares num futuro próximo (provavelmente junho deste ano, por causa da Copa do Mundo);

Bolha Imobiliária prestes a estourar (pois é, se preparem);

e por último, o ex-ministro da saúde recebeu o título de "cidadão peruibense" (!?).

Agora, só falta o pico dos itatins mostrar ao mundo que é um vulcão, entrando em erupção e cobrindo esta cidade de cinzas.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CRISE, PROBLEMAS, MAZELAS, ERUPÇÃO VULCÂNICA, LAVA, BANDA SIOUXSIE & THE BANSHESS - CITIES IN DUST, OH, SUA CIDADE JAZ EM POEIRA, CIDADES EM PÓ, INFERNO


quinta-feira, 20 de março de 2014

O OUTONO CHEGOU - 20 DE MARÇO DE 2014







MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, AS QUATRO ESTAÇÕES DE VIVALDI, JULIA FISCHER, FINALMENTE O OUTONO CHEGOU, QUE O FRIO NÃO DEMORE

segunda-feira, 17 de março de 2014

SALVE 31 DE MARÇO DE 1964







MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, BRASIL, BRASILEIRO, BRASILEIROS, DEPUTADO FEDERAL JAIR BOLSONARO, REVOLUÇÃO DE 1964, REGIME MILITAR, PRESIDENTE EMÍLIO GARRASTAZU MÉDICI (O GENERAL E HERÓI NACIONAL QUE APARECE NA FOTO), COMUNISMO, TENTATIVA DE GOLPE COMUNISTA, VIVA OS MILITARES (SE NÃO FOSSE POR ELES, ESTE PAÍS TERIA VIRADO UM CUBÃO, UMA INFELIZ E DESGRAÇADA CUBA CONTINENTAL).

CONCURSO PÚBLICO PARA A PREFEITURA DE MATÃO - SP 2014



Com a finalidade de preencher 134 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior, abrem no dia 17 de março as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Matão, estado de São Paulo. Os vencimentos mensais serão de até R$ 2.377,28, e edital reserva 5% das vagas para os candidatos com deficiência. 

 As inscrições serão realizadas exclusivamente através de formulário de inscrição, disponível no endereço eletrônico www.personacapacitacao.com.br, das 08h do dia 17 de março às 22h do dia 15 de abril de 2014. 

O concurso será composto de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos, além de prova prática para cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, Cozinheiro, Eletricista, Eletricista de Autos, Mecânico, Motorista, Operador de Máquinas Pesadas, Panificador, Pedreiro, Salva Vidas e Tratorista. 

 A realização da prova objetiva está prevista para o dia 18 de maio de 2014 em horários e locais a serem divulgados após a homologação das inscrições. Os gabaritos da prova estarão disponíveis no site www.personacapacitacao.com.br, no dia seguinte a realização da prova, a partir das 20h. Veja edital em anexo. 

Cargos e vagas abertas 

 Nível fundamental completo - Almoxarife (1), Auxiliar de Serviços Gerais (5), Telefonista (1), Motorista "E" (5), Operador de Máquinas Pesadas (1), Tratorista (1), Cozinheiro (3), Eletricista (1), Eletricista de Autos (1), Mecânico de veículos leves (1), Panificador (2) e Pedreiro (3). 

Nível médio/técnico - Agente de Ação Social (3), Salva Vidas (2), Auxiliar de Administração Geral (8), Fiscal Geral (2), Fiscal de Obras (2), Fiscal Sanitário (2), Auxiliar de Informática (1), Técnico em Farmácia (2), Auxiliar de Consultório Dentário (3), Técnico em Contabilidade (1), Técnico em Enfermagem do Trabalho (1), Técnico em Enfermagem (5), Técnico em Segurança do Trabalho (4) e Agente de Trânsito (6). 

Nível superior - Fisioterapeuta (2), Arquivista (1), Bibliotecário (1), Enfermeiro (3), Engenheiro de Segurança do Trabalho (1), Farmacêutico Bioquímico (2), Gerontólogo (2), Médico do Trabalho (1), Nutricionista (2), Cirurgião Dentista (3), Assistente Social (3), Terapeuta Ocupacional (1), Educador Social (2), Psicólogo (2), Auditor Fiscal (2), Engenheiro Civil (3), Fonoaudiólogo (2), Médico Cardiologista (2), Médico Clínico Geral (5), Médico Endocrinologista (2), Médico Geriatra (3), Médico Ginecologista e Obstetra (5), Médico Neurologista (3), Médico Ortopedista (3), Médico Pediatra (3), Médico Pneumologista (2), Médico Psiquiatra (3), Médico Urologista (2) e Médico Veterinário (1). 

 A validade do concurso público será de dois anos, contados da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Matão.


FONTE: ACHE CONCURSOS



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL, CONCURSEIRO, EMPREGO, TRABALHO, OPORTUNIDADES

sábado, 15 de março de 2014

O CONCURSEIRO DE AÇO - A ESCOLHA DE JOR-EL




PERUÍBE EM "GUERRA CIVIL"


Pois é, voltei ao tema do O CONCURSEIRO DE AÇO, assunto vasto, mas que exige ser bem explorado. Escrever apenas por escrever não é a minha praia, daí o motivo da demora.

Esta postagem não está direcionada ao concurseiro peruibense que eu tenho buscado incentivar, em diversas postagens. Meu foco aqui é um pouco diferente.

Dirijo a minha mensagem para os pais ou responsáveis dos concurseiros mais jovens.

Sei que incomodei aos pais de vários concurseiros ou futuros concurseiros com postagens radicais. Meu incentivo aos jovens em partirem para o tudo ou nada, mesmo que isso significasse desconsiderar certos tipos de conselhos paternos (ou argumentos desmotivadores, digo com franqueza) geraram conflitos. Olha, não vou pedir desculpas, pois nessa questão NÃO TENHO DO QUE ME DESCULPAR.

Peruíbe caminha para uma "guerra civil" (metáfora bem próxima da realidade), uma luta entre facções sobre quem vai governar num futuro próximo esta cidade já agonizante, e sou um dos poucos que está realmente tentando fazer algo para ajudar este povo, mesmo que esta ajuda signifique orientá-lo a partir para terras distantes, em busca do melhor.

Sim, cidade agonizante. Como todos já sabem, o nosso SUS (sistema único de saúde) continua insatisfatório. Agora, nosso novo grande problema é o transporte público. A tarifa de ônibus baixou de R$ 2,20 para R$ 1,70, com a diferença sendo subsidiada pela prefeitura, mas por acaso o serviço melhorou? Esta cidade agoniza, os problemas se generalizam. Não serei eu a incentivar a juventude a insistir nisto aqui.

E cabe agora explicar o motivo do nome desta postagem.

Jor-El, o Kriptoniano pai do Kal-El/ Clark Kent, não se intimidou em fazer o que era correto para com o próprio filho. Ao ver que Kripton desapareceria, cuidou para que ele partisse para a Terra, um mundo que, embora selvagem, ofereceria um futuro para ele. Ou seja, sobreviveria.

Tanto ele quanto a esposa, Lara, evitaram sentimentalismos e foram pragmáticos. Não nutriam esperanças pelo mundo deles, aceitaram a realidade, e deram ao filho a oportunidade de, em outro lugar, seguir adiante, para simplesmente viver.

Analogia exagerada e dramática para com a Peruíbe de 2014? Ora, se está ruim agora, imagina como estará até o ano terminar. Depois, olha para o seu filho desempregado de vinte e poucos anos que escolheu a trilha do concurseiro e veja se o rapaz não tem razão.

Se não estiver em condições de prestar ajuda financeira para ele participar de concursos, pelo menos evite desmotivá-lo. E daí que pretende sair deste lugarejo? Lembre-se de que essa "criança" cresceu, com liberdade para decidir sobre o próprio destino. Obrigá-lo a ficar nesta terra (algo bem difícil na atualidade) e podar o seu livre arbítrio,  poderá trazer para ti sérias consequências futuras, do tipo "POR QUE VOCÊ ME PROIBIU?", como a dura que eu dei em meu pai, quando me vi desempregado já a vários anos (no passado tinha me proibido de buscar oportunidades fora). 

Foi um momento triste, porém necessário para mim, mas poderia ter sido diferente para ele, se tivesse me tratado como adulto quando eu já era um.

Nunca mais nos falamos - por decisão minha - e não me arrependo. Daquele momento em diante, se fosse necessário, pisaria no pescoço do capeta para me tornar funcionário público. 

Por favor, jamais cometam o erro do meu pai. Filhos adultos devem ser tratados como adultos, e jamais desmotivados por seus pais.

Façam como Jor-El e escolham.






POSTAGEM RECOMENDADA: OPERAÇÃO FAROL DA LIBERDADE



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CONCURSEIRO, CONCURSO PÚBLICO, TRABALHO, EMPREGO, MIGRAÇÃO, OPORTUNIDADES, O HOMEM DE AÇO

sexta-feira, 14 de março de 2014

DILMA E BLATTER NÃO FARÃO DISCURSO NA ABERTURA DA COPA DO MUNDO DE 2014




Blatter e Dilma foram vaiados em 2013, na abertura da Copa das Confederações

 Foi decidido: Joseph Blatter e Dilma Rousseff não farão discurso na abertura da Copa do Mundo, no dia 12 de junho, no Itaquerão. Tal revelação foi feita pelo próprio presidente da Fifa. A Fifa nega que a decisão tenha relação com a onda de protesto que tomaram conta da Copa das Confederações e afirma que estaria, sim, relacionada a uma escolha técnica sobre o formato do evento. Aliás, até então, o formato do evento não está definido. 

 Joseph Blatter disse que não acredita que o Brasil será novamente palco de protestos durante a Copa, por estar convencido de que não existirão os mesmo argumentos que movimentavam a cena política do Brasil na Copa das Confederações, em 2013. E mesmo dizendo que as coisas estão calmas, Blatter disse que farão a cerimônia de abertura sem discursos. 

 Ainda segundo ele, a presença de protesto nas ruas ou estádios durante os jogos, dependerá da atuação da Seleção Brasileira, já que são mais de 200 milhões de amantes de futebol no país. Acredita que será um período tranquilo e de festa e nega de todos os jeitos que a decisão tenha a ver com os protesto, mesmo que ele e Dilma tenham sido imensamente vaiados em 2013.


FONTE: ESTÁDIO VIP


COMENTÁRIO: do Blatter eu até esperava isso, mas da PRESIDENTE Dilma .... caramba, o desespero está tomando conta do PT.

Ora, trata-se também de um ano eleitoral NO QUAL SERÁ ESCOLHIDO QUEM GOVERNARÁ O BRASIL NOS PRÓXIMOS QUATRO ANOS, além de novos governadores, Deputados Estaduais, renovação do Congresso - Deputados Federais - e nem sei quantos Senadores. A Dilma não pretende arriscar ser vaiada novamente, candidata que é para reeleição.

Mas, do que está com medo, Dilma? Vossa Excelência é tão popular, o que teme? Ah, não dá para encher o estádio com beneficiados pelo Bolsa Família, né?

E tem petista que acha que a senhora está com a eleição ganha. Quero ver a sua popularidade em JULHO .... sim, não errei. Junho será o mês da Copa, mas Julho será quando MILHÕES DE BRASILEIROS se darão conta do quanto esse evento esportivo foi inútil, tanto para eles quanto para o país. Suspeito que isso os influenciará quando forem votar. 

Antecipadamente já digo que foi um desprazer ver o Brasil sendo governado por ti, mas graças a Deus, isso irá logo acabar.

E o que será de ti após a presidência, Dilma? Eu mesmo respondo: apenas uma PRESIDENTE a mais, despontará rumo ao anonimato e insignificância.


POSTAGEM RECOMENDADA: O FANTASMA DA COPA DE 1950 ESTÁ DE VOLTA






MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, COPA DO MUNDO DE 2014, DILMA NÃO IRÁ DISCURSAR NA ABERTURA DA COPA ( POIS É), ELEIÇÕES PARA PRESIDÊNCIA EM 2014, ESTOU TORCENDO PARA O URUGUAI DERROTAR A SELEÇÃO CANARINHO, E QUEM INVENTOU A COPA POR AQUI FOI O LULA, ELE TAMBÉM É (IR)RESPONSÁVEL POR ISSO


domingo, 9 de março de 2014

CIDADE SEM FUTURO - MARÇO DE 2014




Afirmo que Peruíbe só terá de fato um futuro, se esta cidade evitar a homogeneização imposta pela metropolização da baixada santista, região na qual não é tratada por Santos como um município "irmão" mas na condição de um simples servo (lembrar do caso Porto Brasil). 

 É na antiguidade da cultura caiçara, nessa identidade quase extinta por aqui que está a base para o verdadeiro equilíbrio e desenvolvimento sustentável peruibense, pois do contrário esta localidade se tornará cópia das demais da baixada*, todas já um bocado semelhantes entre si, cidades quase que sem nada verdadeiramente de novo ou único para oferecer. 

Peruíbe tem dado pouco valor para a sua própria identidade local e características culturais (ainda preservadas na Barra do Una), o que levou ao surgimento de uma terra na qual sobra o egoísmo e faltam grandes valores, onde impera pouca consciência cívica, ética, e que se desenvolve - pois é, o já típico "desenvolvimento" local - baseada em projetos e objetivos de curto prazo. 

Não estando alicerçado na cultura PERUIBANA, sem rumo, o desenvolvimento tende a ser feito ao sabor da passagem de administrações municipais e investidores graúdos, na grande maioria forasteiros que, por não terem obrigação de conhecerem as particularidades locais, se limitam a transpor para cá cópias de projetos com as quais se identificam e julgam mais apropriados. 

Nossa Peruíbe só terá um avanço real se  progredir e se desenvolver baseada em alicerces firmes, que necessitam ter na história, tradições e no povo peruibense, o verdadeiro terreno para se consolidar. Assim, certamente serão encontradas soluções para todos os pequenos e grandes problemas que afligem esta cidade.

E quais são alguns desses problemas? Vejamos: uma considerável parte da população formada por trabalhadores mal remunerados e desprotegidos (trabalho informal predomina), escravidão salarial (concurseiros de Peruba City, uni-vos !!!), tensão social crescente (quem pode paga clínica particular, quem não pode se vira com o SUS). Os problemas vão longe.

Espero que Peruíbe se encontre como “Peruíbe”, e que não se caia no erro de querer se tornar uma Guarujá do litoral sul paulista, do contrário o meu famoso pessimismo ficará mais do que justificado.

Sem as escolhas certas, Peruíbe continuará a ser uma cidade sem futuro.


*considero Peruíbe de fato uma cidade valeribeirense, que se sairia melhor integrando a região vizinha - Vale do Ribeira - e se afastando da região metropolitana de Santos, mas sei que essa é uma ideia demasiado polêmica para a classe política local.


ORIGEM DA FOTO: (HUMOR PIADAS) REALIDADE DE PERUÍBE


POSTAGEM RECOMENDADA:TEORIZANDO SOBRE O FUTURO PRÓXIMO DE PERUÍBE



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, PERUIBANO, CAIÇARAS, BAIXADA SANTISTA, VALE DO RIBEIRA , VALE-RIBEIRENSE, VALERIBEIRALIZAÇÃO, POLÍTICA MUNICIPAL, EMPREGO, DESEMPREGO, ELEIÇÕES PARA PREFEITO DOMINGO DIA 2 DE OUTUBRO 2016, CANDIDATOS A PREFEITO

PERUÍBE - REDUÇÃO NO VALOR DO TRANSPORTE PÚBLICO ENTRA EM VIGOR NESTA SEGUNDA



O transporte público em Peruíbe tem diminuição no preço da passagem a partir desta segunda-feira (10).

O valor será reduzido em 23%, passando de R$ 2,20 para R$ 1,70; o que fará com que a cidade tenha o menor valor de transporte municipal da Baixada Santista.

Estudantes pagarão a metade do valor: R$ 0,85. Idosos e deficientes físicos não pagam pelo coletivo.

Valores das nove cidades da Baixada 

Peruíbe – R$ 1,70
Santos – R$ 2,90
Guarujá – R$ 2,80
Cubatão – R$ 2,85
São Vicente – R$ 2,60
Bertioga – R$ 2,80
Praia Grande – R$ 2,90
Itanhaém – R$ 2,60
Mongaguá – R$ 1,90


FONTE: VOZ CAIÇARA


COMENTÁRIO: olha, pouco me interessa essa redução de valor, o que importa de fato é se o serviço IRÁ MELHORAR !!!

Os atrasos irão acabar? Os ônibus estarão em melhores condições, menos sujeitos a quebrarem? São essas as questões que de fato importam, embora eu saiba que muitos peruibenses, pensarão o contrário, típica mentalidade de "povo moedinha".

Para quem não entendeu, "povo moedinha" é aquele que fica tão aliviado em economizar umas míseras moedas, que nem se dá conta que essa economia é duvidosa, pois a qualidade do produto ou serviço prestado ficou na mesma, correndo o risco até de piorar. Fica entretido com as moedas e não enxerga o que de fato interessa.

Peruíbe, terra do povo moedinha.

Mas voltemos aos ônibus. Em Praia Grande a tarifa é mais cara, mas vão lá ver se a frota não é melhor. Pois é. 

Até em Mongaguá o serviço de transporte público é mais eficiente. Pô, lá tem até uma frota de vans bonita e bem cuidada. E por aqui, o que temos, ou melhor, o que teremos a partir de amanhã?


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, TRANSPORTE PÚBLICO, PROBLEMAS DE PERUÍBE, E VIVAM AS MOEDINHAS !!!


sábado, 8 de março de 2014

CICLO DA BURRICE - ELEITOR PERUIBENSE NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS





Duvido que nas eleições municipais de 2016 será diferente. A gente fala, fala, fala e esse povo nunca entende.



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016, POLÍTICA MUNICIPAL, ELEITOR QUE RECLAMA E ERRA DE NOVO, A CIDADE EM CHAMAS

sábado, 1 de março de 2014

SUJA, SOFRIDA E DEPRIMENTE, SERÁ PERUÍBE APÓS O CARNAVAL, MINHA GENTE !!!




Uma "modalidade" de crime muito comum na Peruíbe de 2014 é assim: um VAGABUNDO (quem rouba vagabundo é), sozinho numa bicicleta, ataca uma senhora solitária puxando a sua bolsa, e foge a toda velocidade. Como isso é banal. Tanta coisa absurda tornou-se banal nesta cidade.

Sabem como Peruíbe amanhecerá na famigerada quarta feira de cinzas? SUJA, SOFRIDA E DEPRIMENTE.

Multidões de forasteiros foliões a deixarão imunda, com fedores de urina, cerveja e aromas "alternativos". Sujeira não faltará. Pelo menos abundarão latinhas para a alegria da turma da reciclagem.

Trabalhadores locais poderão enfim descansar, após dias ralando para atender aos desejos consumistas dos visitantes, pois não partilham do santuário dos peruibenses livres. Um carnaval que será sofrido para muitos deles, cansados até para questionarem se tanto esforço valeu o sacrifício.

Será também uma quarta deprimente, com vários munícipes se recordando dos atos de violência que testemunharam ou que infelizmente sofreram. Num período do ano como este, os criminosos locais e forasteiros não ficam de "folga". 

E ainda têm os transtornos provocados por idiotas bêbados, carros com som alto (Funk nas alturas) inclusive durante a noite (claro desrespeito a lei do som alto), gente folgada furando as filas nos supermercados .... nossa, será uma quarta-feira triste mas até que desejável. 

Carnaval é algo que só tolero por causa do feriado, mas é tanta bagunça que me pergunto se esses poucos dias de descanso valem a pena, ainda mais aqui em Peruíbe.

Aliás, caros veranistas/turistas, vocês estão aqui para FESTEJAR O QUÊ? Ficam pulando em blocos carnavalescos para quê?





MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, ODEIO CARNAVAL, ODEIO ESCOLA DE SAMBA, ODEIO DESFILE DE ESCOLA DE SAMBA, ODEIO SAMBA (MENOS O DO ADONIRAN BARBOSA, QUE FIQUE CLARO), ODEIO MARCHINHAS, ODEIO AQUELA ESPUMINHA QUE MANÉS FICAM ESPIRRANDO EM DESCONHECIDOS, LEI DO SOM ALTO É PARA SER RESPEITADA,  DETESTO FOLIÃO CARNAVALESCO BÊBADO (OU EM OUTRA CONDIÇÃO PATÉTICA) ...... ADORO O FERIADO