sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

MARCHINHA PARA O CARNAVAL DE 2014 - DILMA EM CUBA LANÇA





MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, PORTO MARIEL EM CUBA (FINANCIADO PELO CONTRIBUINTE DO BRASIL. PORTO EM PERUÍBE NEM PENSAR, NÉ, "PRESIDENTA" DILMA?), CARNAVAL DE 2014 EM PERUÍBE, ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

PERUÍBE 2014 - DEFINIÇÃO SOBRE REAJUSTE DE TARIFA DE ÔNIBUS NÃO SAI NESTA QUARTA - FEIRA



De A Tribuna On-line 

A definição sobre o reajuste das tarifas dos ônibus municipais de Peruíbe ainda não será oficializada nesta quarta-feira. No entanto, na sessão marcada para o período da tarde, tudo começa a se encaminhar para que, até o final de fevereiro, o munícipe venha a pagar R$ 1,70 nas passagens. 

 A informação é do presidente da Câmara, José Ernesto Lessa Maragni Junior, o Zeca da Firenze (PV). Segundo ele, a Casa terá que analisar dois documentos distintos. O primeiro é um projeto de lei complementar, que autoriza o subsídio das passagens. Pelo seu caráter, depende de duas votações, sendo que a primeira acontece nesta quarta-feira e, a segunda, na próxima semana. 

 No mesmo dia, um outro projeto de lei ordinário também será pautado. Este diz respeito a criação da subvenção, que prevê o repasse para a empresa Intersul, responsável pelo transporte público no Município. Esse segundo projeto depende de apenas uma votação. 

“Ou seja, hoje começaremos a votar o primeiro projeto e, na sessão da próxima semana, vamos encerrar esse assunto. Ao que tudo indica, são medidas que não devem encontrar dificuldades para serem aprovadas, já que beneficiam a população”, afirma o parlamentar. 

 Redução 

 A Prefeitura de Peruíbe anunciou na semana passada a redução na passagem de ônibus no Município. Assim, a tarifa das linhas municipais cairá de R$ 2,20 para R$ 1,70, caso o projeto seja aprovado. A intenção da Prefeitura é que a medida comece a valer a partir do dia 19 de fevereiro. 

 Na prática, porém, as tarifas da Intersul serão reajustadas para R$ 2,80. O Município, no entanto, se compromete a assumir, por meio de um programa de redistribuição de renda, os R$ 1,10 restantes que, devem custar aproximadamente R$ 1,8 milhão aos cofres públicos em um ano.

 Paulo Henrique garante que o montante não será tirado do orçamento. A tarifa social, segundo o secretário de Planejamento, Paulo Henrique Siqueira, será possível graças ao reajuste concedido em setembro do ano passado aos imóveis avaliados em mais de R$ 80 mil, que passaram a pagar mais 33% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).


FONTE: A TRIBUNA



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, ÔNIBUS, TRANSPORTE PÚBLICO

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

VÂNDALOS COMUNISTAS DESTROEM FUSCA DE UM TRABALHADOR EM SÃO PAULO



"Um bando de irresponsáveis", diz dono de fusca incendiado nas manifestações contra a Copa


Veículo foi incendiado nas proximidades da Praça Roosevelt no centro de São Paulo


Durante os protestos contra a Copa do Mundo no centro de São Paulo neste sábado (25), um grupo de manifestantes colocou fogo em um fusca nas proximidades da Praça Roosevelt por volta das 20h. O proprietário do veículo, um serralheiro de 55 anos que não quis se identificar, estava voltando da igreja junto com mais quatro pessoas no carro, dentre elas uma criança de quatro anos, quando o fato aconteceu. 

— Eu acho que são um bando de irresponsáveis. O Brasil é assim mesmo, acontece essas coisas por causa da impunidade. 

De acordo com o serralheiro, usando lenços pretos para cobrir os rostos, os integrantes do grupo estavam colocando fogo em colchões para interceptar a via e podem ter jogado um dos colchões no carro. 

— Eu acredito que foi jogado. Estava no chão e quando a gente passou, já estava na lateral do carro. Ou jogaram o colchão para cima ou empurraram com os pés. Como o fogo não apagava, o serralheiro parou o fusca para que todos pudessem descer.

 — Teve muito pânico para sair do carro pegando fogo. A criança estava chorando...Naquele local não tinha um policial. 

 O fusca era o único carro do serralheiro que utilizava o veículo para entregar portões. O homem de 55 anos ainda não calculou o prejuízo. Após o incêndio, ele voltou para casa de ônibus. 

 — Ficamos assustados. Graças a Deus está tudo bem agora.


FONTE:NOTÍCIAS 7







COMENTÁRIO: pipocam pela internet comentários asquerosos de gente que praticamente põe a culpa do incêndio QUASE FATAL no fusca em seu proprietário, um serralheiro QUE NADA TINHA A VER COM AS BABAQUICES DE UM BANDO DE VÂNDALOS COMUNISTAS. Afinal, quem mandou ele "furar" o bloqueio - ilegal - dos revolucionários urbanos, não é mesmo?

Alguns desses "heróis" não incendiaram o fusca, "apenas" tacaram fogo em um colchão, aí o carro passou por cima e ... bem, como isentar de culpa esses irresponsáveis? Caramba, isso podia ter acabado em tragédia.

Para esses extremistas o que importa é o triunfo da sagrada ideologia deles, fracasso recente em metade do planeta. Que importa para eles a destruição de patrimônio público e privado, incluindo bens dos pobres? Pois é ... o serralheiro dono do fusquinha queimado é tão da elite quanto eu, que nem carro tenho. Nossa, como lutam pelo povo !!! 

Se você que lê esta postagem de um reacionário assumido estava lá - e participou de alguma forma dessa insanidade - pergunte a si mesmo se quer continuar nessa vida, antes que prejudique de forma gravíssima a alguém (se já depredou e destruiu já prejudicou a outras pessoas, mas não é exatamente disso que estou falando). Seja franco contigo e pergunte: É ISSO QUE EU QUERIA, ANTES DE ME MASCARAR PARA PROTESTAR POR AÍ? E SE PELO MENOS UMA DAQUELAS PESSOAS NÃO TIVESSE CONSEGUIDO SAIR A TEMPO DO FUSCA, OU SE O FOGO TIVESSE SIDO MAIS RÁPIDO?

Pensa nisso, Mané. Veja no que - E COM QUEM - está se metendo, antes que seja tarde demais para se arrepender.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, BRASIL, COPA DO MUNDO DE 2014, PROTESTOS EM SÃO PAULO, FUSCA QUEIMADO, COMUNISTAS, SOCIALISTAS, VÂNDALOS, BLACK BLOCS, DESTRUIÇÃO, TV ESTADÃO


sábado, 25 de janeiro de 2014

CONCURSO PÚBLICO PARA A PREFEITURA DE SÃO JOAQUIM - SC 2014



Com a finalidade de preencher 113 vagas e formar cadastro reserva em cargos de níveis fundamental, médio e superior, segue aberto até o dia 10 de fevereiro de 2014, prazo de inscrições para concurso público da Prefeitura de São Joaquim, estado de Santa Catarina. 

As inscrições devem ser feitas somente pelo site da organizadora do concurso: 

www.noroesteconcursos.com.br  e a taxa de inscrição será de R$ 40,00 para os cargos de nível fundamental, R$ 50,00 para nível médio e R$ 60,00 para nível superior. 

Confira as vagas abertas no concurso de São Joaquim de acordo com o nível de escolaridade exigido: 

 Ensino Fundamental - Servente/Faxineira (23), Merendeira (6), Braçal (14), Agente de Combate a Endemias (1), Borracheiro (1), Calceteiro (6), Chapeador (1), Encanador (1), Mecânico (2), Motorista "D" (1), Motorista de Transporte Escolar (5), Operador de Máq. Escavadeira Hidráulica (1), Operador de Máq. Minicarregadeira (1), Operador de Máq. Motoniveladora (1), Operador de Trator de pneus (1), Operador de Máq. Caçamba Toco (2), Pedreiro (2), Pintor (1) e Vigia (11). 

Ensino médio - Atendente de Farmácia (1), Auxiliar de Saúde Bucal (2), Eletricista (1), Telefonista (1) e Torneiro Mecânico (1). 

Ensino superior - Arquiteto (CR), Assistente Social (1), Assistente Técnico Pedagógico (3), Engenheiro Civil (CR), Museólogo (1), Professor Pré Escolar (3), Professor de Matemática (3), Professor de Geografia (2), Professor de Inglês (2), Professor de Artes (4), Professor de Educação Física (4) e Psicólogo (3). Os vencimentos variam entre R$ 512,19 e R$ 2.946,27. 

 Provas 

As provas escritas serão aplicadas no dia 23 de fevereiro de 2014, na cidade de São Joaquim - SC, com duração máxima de três horas, incluso o tempo para preenchimento da folha de respostas. 

A confirmação da data e as informações definitivas sobre horário e local, caso haja alterações, serão divulgadas oportunamente por meio de edital de Convocação, no site do município www.saojoaquimonline.com.br e no site www.noroesteconcursos.com.br

A validade do concurso público será de dois anos, prorrogável, a critério da administração, por igual período.


FONTE:ACHE CONCURSOS







MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CONCURSO PÚBLICO, CONCURSEIRO, EMPREGO, OPORTUNIDADES, COMO SERÁ O INVERNO EM SÃO JOAQUIM NESTE 2014

CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EM CASCAVEL - PR 2014




A Prefeitura de Cascavel divulgou edital com normas para realização de concurso público que objetiva admitir novos servidores em várias funções, com oferta de 590 vagas e formação de cadastro reserva em empregos de todos os níveis de escolaridade.

 Das vagas previstas, 5% serão reservadas aos candidatos portadores de deficiência, e salários variam entre R$ 719,29 e R$ 13.451,23, dependendo do cargo. 

Para candidatos de nível superior há vagas de Médico Generalista (21), Médico Neurologista (2), Médico Ortopedista (10), Médico Pediatra (7), Médico Generalista (10), Médico do Trabalho (CR), Administrador (1) e Analista de Tributos (3). 

Os profissionais com formação de nível médio poderão pleitear cargos de Monitor de Biblioteca (6), Professor (50), Professor de Educação Infantil (100), Técnico em Edificações (2), Técnico em Enfermagem (50), Técnico em Topografia (1), Agente de Apoio (150), Agente de Segurança Patrimonial (70), Agente Funerário (2), Auxiliar em Saúde Bucal (4) e Educador Social Masculino (5). 

Para candidatos de nível fundamental completo há vagas de Agente Comunitário de Saúde (4), Agente de Combate às Endemias (30) e Carpinteiro (3). Aqueles que não concluíram o ensino fundamental podem tentar vagas de Auxiliar de Manutenção de Instalações (10), Auxiliar de Manutenção de Veículos (1), Auxiliar de Serviços Gerais (40), Coveiro (4), Operador de Motoniveladora (1), Operador de Retroescavadeira (CR), Operador de Trator de Esteira (CR), Operador de Trator de Pneu (CR) e Pedreiro (3).

 Inscrição e Prova

 As inscrições devem ser realizadas entre 14h do dia 22 de janeiro e 23h59 de 5 de fevereiro de 2014, pelo site www.consulplan.net, ou de forma presencial na Central de Atendimento dos candidatos, localizada na Rua Paraná, nº 5.000, centro de Cascavel, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h. A taxa de inscrição varia entre R$ 20,00 e R$ 80,00. 

O concurso será constituído de provas escritas objetivas para todos os inscritos, mais prova discursiva para Monitor de Biblioteca, Professor e Professor de Educação Infantil; prova de títulos para Professores; prova prática para Auxiliar de Manutenção de Veículos, Carpinteiro, Coveiro, Operador de Motoniveladora, Operador de Retroescavadeira, Operador de Trator de Esteira, Operador de Trator de Pneu, Pedreiro e Técnico em Edificações; e teste de aptidão física para Agente de Segurança Patrimonial e Educador Social Masculino.

 As provas objetivas e discursivas serão realizadas em Cascavel/PR na data prevista de 23 de março de 2014 (domingo). Os locais serão divulgados a partir de 17 de março de 2014 no endereço eletrônico da Consulplan.

 Os gabaritos oficiais preliminares das provas saem a partir das 16h do dia subsequente ao de sua realização. 

O concurso público terá validade de dois anos, a contar da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Administração Municipal.


FONTE: ACHE CONCURSOS






MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CONCURSO PÚBLICO, CONCURSEIRO, OPORTUNIDADES, TRABALHO, EMPREGO


INVERSÃO DE VALORES




Baderna em shopping virou manifestação cultural;

 maconha virou remédio;

 uma família pode ser fundada por via intestinal;

 bicicleta tem direito de transitar na rua como se fosse moto;

 mulher mãe dona de casa honrada virou mulher atrasada;

 palmadas nos filhos viraram espancamento;

 incompetente virou incompetenta;

 Che virou ícone dos direitos humanos;

 ser racista é ser contrário a direitos específicos a uma raça (cotas);

 o feto virou parte do corpo da mãe;

 anabolizante virou suplemento para atletas;

 assaltante é Robin Wood; armas todos podem ter, desde que você não seja um cidadão de bem;

 e assim caminhamos, no Brasil da inversão de valores.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, COMUNISMO, SOCIALISMO, MARXISMO CULTURAL, DOUTRINAÇÃO

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

RIVALDO CRITICA COPA DO MUNDO NO PAÍS: 'BRASIL VAI PASSAR VERGONHA'



Presidente e meia-atacante do Mogi Mirim, de 41 anos, diz que país não tem condições de receber o Mundial de 2014 e contesta gastos públicos com o evento 

 Rivaldo foi um dos protagonistas do último título mundial da seleção brasileira (2002), mas anda sumido quando o assunto é Copa do Mundo. O jogador do Mogi Mirim, no entanto, parece ser contra a realização de um Mundial no Brasil. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o pentacampeão, de 41 anos, criticou a organização e disse que o país não tem condições de receber o evento. 

 - Nós já sabíamos que isso aconteceria, mas não quero mais dar a minha opinião sobre isso. Disse outras vezes que o Brasil não tem condições para organizar o Mundial. Vai ser difícil, o Brasil vai passar uma vergonha – disparou Rivaldo. 

 O jogador ainda criticou o fato de o Governo estar gastando dinheiro público com a Copa do Mundo e deixando questões como educação e saúde de lado.

 - O Brasil tem muita coisa para fazer, como, por exemplo, nas áreas da educação e da saúde, e não estádios para o Mundial. Vão gastar muito dinheiro para um só mês - completou. 

 Rivaldo fez as declarações após a derrota do Mogi Mirim, por 4 a 0, para o São Paulo. Neste jogo, aliás, o meia foi a grande novidade, pois é o presidente do Sapo e convivia com problema no joelho desde no ano passado, quando foi colocado em xeque a manutenção da carreira.


FONTE: GLOBO ESPORTE


COMENTÁRIO: se dependesse da minha "torcida", a seleção brasileira levaria um novo cacete do Uruguai na final. Se ofende com a minha aparente falta de patriotismo, "amante" do futebol? Azar, quem mandou entrar aqui? Se gosta tanto dessa joça, vá se "voluntariar" ... o país precisa tanto ...






MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, TURISMO, COPA DO MUNDO DE 2014, FUTEBOL, VOLUNTARIADO, JOGADOR RIVALDO, PAULO MARTINS

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

CONCURSO PÚBLICO PARA A PREFEITURA DE CRICIÚMA - SC 2014



A Prefeitura de Criciúma, estado de Santa Catarina, divulgou três editais com normas para realização de concurso público e processo seletivo que servirá para preencher 622 vagas e formar cadastro reserva em diversos cargos atualmente vagos na autarquia municipal. 

O edital 01/2014 abre concurso público para 222 vagas na área da saúde, em cargos de assistente social (2), cirurgião dentista (5), enfermeiro (12), enfermeiro PSF (15), farmacêutico (4), fiscal de vigilância sanitária (19), fisioterapeuta (2), médico (12), médico esf (15), Médico cardiologista (2), médico cardiologista pediatra (1), médico cirurgião geral (2), médico cirurgião geral infantil (2), médico dermatologista (2), médico endocrinologista (2), médico gastroenterologista (1), médico geriatra (1), médico ginecologista/obstetra (5), médico infectologista (1), médico nefrologista (1), médico nefropediatra (1), médico neurologista (2), médico neuropediatra (1), médico oftalmologista (3), médico oncologista (1), médico ortopedista (2), médico otorrinolaringologista (2), médico pediatra (6), médico pneumologista (2), médico psiquiatra (5), médico psiquiatra infantil (1), médico radiologista (1), médico reumatologista (2), médico urologista (2), médico do trabalho (1), médico veterinário (2), nutricionista (2), psicólogo (4), terapeuta ocupacional (2), auxiliar em saúde bucal (5), técnico em enfermagem (10), técnico em enfermagem esf (30), técnico em radiologia (1), artesão (4), higienizador (20) e motorista tfd (4).

 Um segundo edital (02/2014) abre concurso para 313 vagas na área de educação, para cargos de professor e professor de educação infantil (200), professor de arte (30), professor de geografia (8), professor de história (7), professor de matemática (13), professor de ciências (8), professor de português/inglês (17) e professor de educação física (30). 

Já o edital do processo seletivo abre 87 vagas, sendo 10 para o cargo de agente de combate a endemias e 77 vagas para o cargo de agente comunitário de saúde. 

 Os salários oferecidos chegam até R$ 8.669,84, e 5% das vagas serão destinadas aos candidatos portadores de deficiência. Veja os editais completos em anexo no quadro ao lado. 

Inscrições 

As inscrições estarão abertas no período de 20 de janeiro a 06 de março de 2014, pelo site da empresa que organizará e coordenará o certame: http://concursocriciuma2014.fepese.org.br. A taxa de participação varia de R$ 30,00 a R$ 150,00. 

Provas 

As provas escritas objetivas serão aplicadas no dia 30 de março de 2014, em locais e horários que serão informados no endereço eletrônico do concurso http://concursocriciuma2014.fepese.org.br, no dia 27 de março de 2014. 

O prazo de validade do concurso é de dois anos, contados a partir da data de homologação dos resultados, prorrogável uma única vez por igual período, a critério da administração.


FONTE: ACHE CONCURSOS



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CONCURSO PÚBLICO, CONCURSEIRO, OPORTUNIDADES, SANTA CATARINA


terça-feira, 21 de janeiro de 2014

IVETE SANGALO FARÁ SHOW EM PERUÍBE NO ANIVERSÁRIO DE 55 ANOS DA CIDADE




Como parte do Verão Total Peruíbe 2014, a cantora baiana Ivete Sangalo se apresentará num Show gratuito no aniversário de 55 anos do município, dia 18 de fevereiro. Será a primeira vez que ela se apresenta na cidade.



MARCADORES: ANIVERSÁRIO DE PERUÍBE, PERUIBENSE, LITORAL PAULISTA, BAIXADA SANTISTA, ITANHAÉM, MONGAGUÁ, PRAIA GRANDE, SÃO VICENTE, SANTOS, VALE DO RIBEIRA, ITARIRI, PEDRO DE TOLEDO, MIRACATU, IGUAPE, ILHA COMPRIDA, CANANÉIA, JUQUIÁ, REGISTRO, JACUPIRANGA, PARIQUERA-AÇU, ELDORADO, CAJATI, SETE BARRAS, BARRA DO TURVO


domingo, 19 de janeiro de 2014

PRÉDIOS NA ORLA DAS PRAIAS DE PERUÍBE EM 2014?




Prédios na orla da praia será tema discutido em 2014 

No final do ano de 2014, aqueles que vierem à Peruíbe, poderão encontrar uma nova paisagem na orla da praia: o surgimento dos grandes prédios de apartamento. Isso porque nos próximos meses, uma nova discussão tomará conta da cidade: a liberação ou não de edifícios em frente ao mar. Desde 2008, com o atual Plano Diretor, a lei permite a construção de grandes prédios apenas em alguns trechos da cidade, especialmente entre as avenidas Padre Anchieta e Luciano de Bona e da Luciano de Bona até a rodovia Padre Manoel da Nóbrega. Na orla, apenas empreendimentos com até 15 metros de altura. 

 Em novembro, o jornal O Repórter Regional noticiou a criação de uma comissão criada pela Prefeitura Municipal de Peruíbe com o objetivo de se alterar o Código de Obras e também se propor um novo Plano Diretor para a cidade. E entre os integrantes da comissão, existem pessoas interessadas na liberação de prédios na orla e outras contrárias à alteração da lei. Mas para que se efetive a mudança, a proposta terá que ser aprovada pela comissão, posteriormente votada pelos vereadores na Câmara, e passar por um plebiscito popular. 

Entre as associações que fazem parte da comissão, está a AEAP (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Peruíbe), e se depender do seu presidente Alexsandro Betarelli a mudança não ocorrerá. 

 "Até mesmo por conta de todos os princípios urbanísticos, eu sou totalmente contra. E os colegas (engenheiros e arquitetos) também." garante o presidente da associação Alexsandro Betarelli.

 Independente de haver ou não essa alteração, seis novos lançamentos já foram aprovados pela Secretaria Municipal de Obras para o próximo ano e alguns inclusive já estão a venda na planta. 

 O centro da cidade tem sido um dos locais mais procurados pelos investidores na hora de levantar edifícios. Só na rua Taquaritinga, que dá acesso ao supermercado Extra, e na rua Porfírio Diogo Santana, que dá acesso ao Centro de Convenções, há dois empreendimentos em cada via, entre recém construídos, em acabamento ou com terreno comprado para começar a construção. Já rua Padre Leonardo Nunes, ao lado da Associação Comercial e Empresarial de Peruíbe (ACEP), um novo edifício também está com obra a todo o vapor. 

Vale lembrar, que todos estes empreendimentos têm surgido dentro da atual lei, servindo como forte argumento para provar que Peruíbe pode muito bem crescer para o alto, sem necessariamente mudar uma das principais características da orla de Peruíbe: a exclusividade que o prédio redondo tem de ser o único grande edifício à beira-mar.


FONTE: O REPÓRTER REGIONAL



POSTAGEM RECOMENDADA: PREÇO DOS IMÓVEIS EM PERUÍBE


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, PRÉDIOS, EDIFÍCIOS, IMÓVEIS, MERCADO IMOBILIÁRIO


quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

TVS ESTRANGEIRAS DIMINUEM COBERTURA DA COPA DEVIDO AOS PREÇOS DO BRASIL




Emissoras de TV estrangeiras estão tendo que rever seus planos de transmissão da Copa do Mundo de 2014 no Brasil devido aos valores exorbitantes que estão sendo orçados por produtoras brasileiras, hotéis e pelo mercado imobiliário na hora de alugar uma sala para montar o escritório. Algumas estão mesmo desistindo de se estabelecer no país durante o Mundial por considerarem os valores completamente inviáveis. 

 A reportagem do UOL Esporte ouviu alguns representantes de produtoras brasileiras, que preferiram não se identificar por questões estratégicas, e porque ainda não conseguiram fechar os seus contratos, mas que informam que, não só os estrangeiros estão sendo prejudicados com esse custo elevado, mas também as próprias produtoras brasileiras, porque os clientes não estão fechando contrato pelos valores pedidos. 

"A verdade é que muita gente viu na Copa uma oportunidade única de ganhar dinheiro e até de se aposentar, e essas empresas resolveram inflacionar o mercado", diz a fonte de uma das maiores provedoras do Brasil em serviços de transmissão via satélite. "O Brasil já é mais caro que o resto do mundo por conta dos nossos impostos. Se resolvem cobrar muito acima do normal ainda, fica inviável mesmo". 

 O caso mais emblemático citado por essa fonte é o de um grande canal inglês, que foi um dos primeiros a fechar um pré-contrato para se estabelecer no Brasil, montar estúdio, trazer apresentadores e equipes para transmitir direto daqui. Há dias, o canal rescindiu contrato e diminuiu em 70% seu trabalho no Brasil. "Resolveram montar o estúdio na Inglaterra mesmo, pois só a montagem aqui custaria US$ 1 milhão. Pagaram a multa rescisória do contrato e agora vão apresentar de lá com alguns links (entrada ao vivo com jornalista) no Brasil, e ainda resolveram trazer equipamento e pessoal próprios", informa a fonte. 

 Outro caso citado por ela é de uma emissora australiana, que previa a montagem de estúdio de transmissão no Rio de Janeiro, com quatro apresentadores e mais convidados. Isso custaria para eles, na Europa, por exemplo, US$ 200 mil. No Brasil pediram este valor apenas pela locação do imóvel onde seria montado o estúdio. Os australianos também tiveram que mudar de planos. 

Impostos e logística 

 Produtores nacionais informam que a transmissão da Copa no Brasil já teria os custos mais altos do que no resto do mundo porque a carga tributária é muito grande. Segundo fontes consultadas pelo UOL Esporte, o imposto que se paga por esse tipo de serviço chega a 30%. Além disso, a logística dessa Copa do Mundo é muito difícil pelas distâncias a serem percorridas. 

 Outra fonte de uma grande produtora sediada em São Paulo cita o caso de um orçamento pedido por uma emissora do Japão. A seleção japonesa vai jogar em Natal e depois segue para Cuiabá num espaço de quatro dias. "Não é possível que a mesma unidade móvel que vai para Natal chegue a tempo e preparada para fazer o jogo de Cuiabá. Isso encarece muito o orçamento porque vamos precisar de dois carros", diz a fonte. 

 Para fazer um jogo em Manaus, a produtora de São Paulo estima que levaria sete dias para chegar lá com todos equipamentos e para prepará-los. O custo disso é muito alto e não vale a pena para realizar apenas um jogo. Tem seleção que vai viajar milhares de quilômetros entre um jogo e outro. "Os estrangeiros simplesmente não pagam. Eles estão sacrificando a participação deles na cobertura do mundial devido aos preços praticados no Brasil." 

Aluguel de meio milhão

 Uma das três maiores cadeias de televisão do Golfo Pérsico também não conseguiu ainda fechar contratos para as transmissões no Brasil. Ela solicitou um orçamento grande, para abrir escritório, montar estúdio e se mudar para o Rio de Janeiro no mês da Copa. "Fizemos a pesquisa de locais para eles se alojarem e os valores que estão sendo pedidos no Rio de Janeiro são surreais", diz a fonte da produtora contactada. "Por uma área de 200 m² pediram meio milhão de reais. Tem hotéis cobrando diária de R$ 1 mil. Está todo mundo louco no Brasil e desesperado lá fora." 

 Outra emissora dos Emirados Árabes contactou profissionais no Brasil para contratar repórter e cinegrafista para transmitir ao vivo o sorteio dos grupos da Copa, realizado em 6 de dezembro na Costa do Sauípe, na Bahia, com mais um link na cidade do Rio de Janeiro. Pediram alguns orçamentos 20 dias antes do evento e desistiram de fazer também por causa dos preços. "No Brasil cobra-se a mais, por exemplo, por um profissional que fala inglês, mas na Europa falar inglês é condição primeira para ser um profissional, não cobra-se por isso", diz um produtor que já trabalhou em cadeias televisivas na Europa e no Golfo Pérsico. "Tudo isso parece absurdo para quem vem de fora fazer televisão aqui." 

 Na ocasião do sorteio da Copa, as fontes informaram que operadores de câmera que geralmente cobram diária de R$ 150 chegaram a pedir R$ 600, e como no nordeste brasileiro tem menos profissionais do que no sul e sudeste, até emissoras brasileiras tiveram que pagar mais caro para terem o serviço.

 Na Argentina é mais barato 

 Uma outra produtora brasileira com sede em São Paulo, que habitualmente realiza trabalhos para uma das cadeias televisivas mais emblemáticas do mundo na produção de documentários, foi contatada para realizar uma produção sobre a Copa das Confederações de 2013. O programa seria veiculado antes do evento, mas diante do orçamento, o canal desistiu da produção. 

 Depois disso, o mesmo canal solicitou novo orçamento para realizar um programa sobre a Copa do Mundo. Este seria gravado e transmitido em português e espanhol, para o Brasil e América Latina, sendo que ambos iam ser gravados e produzidos em São Paulo. A multinacional também considerou o valor pedido inviável, mas desta vez não desistiu, foi à Argentina e contratou uma equipe de lá para produzir tudo em Buenos Aires, pois ficava muito mais barato.

 "Está caindo a ficha" A 150 dias do início da Copa do Mundo do Brasil não há praticamente contratos fechados entre produtoras brasileiras e emissoras estrangeiras. Nos próximos dias, quando a Fifa definir e distribuir as credenciais para os profissionais de imprensa, as emissoras terão que definir suas estratégias. Há um ano que as produtoras estão fazendo orçamentos para a Copa e já se observa uma queda nos valores pedidos no mercado. "Acho que está caindo a ficha e as produtoras estão vendo que se não abrirem mão dos altos lucros irão ficar sem cliente", diz a fonte de uma das maiores produtoras do País. 

 E como Copa do Mundo não é um evento para o qual se possa simplesmente dar as costas, para conseguirem trabalhar no Brasil, os canais internacionais estão se organizando como podem. Uns diminuindo em até 70% os trabalhos em nosso território, outros se retirando mesmo do Brasil, optando por transmitir de seus países, e ainda há vários que estão se unindo, abrindo mão da exclusividade e aceitando dividir equipamentos e até escritórios para não saírem no prejuízo.


FONTE: UOL COPA DO MUNDO


COMENTÁRIO: esse é o resultado do famosa lei "levar vantagem em tudo". Acham o quê? Que os estrangeiros são otários? Só brasileiro com bola de futebol dentro da cabeça para acreditar que o resto do planeta considera a Copa do Mundo de 2014 um evento "importante" o suficiente para "justificar" preços tão absurdos.  Muita gente vai se frustrar com essa bobagem, e eu não estou falando apenas dos torcedores.


POSTAGEM RECOMENDADA: COPA DO MUNDO DE 2014, OLIMPÍADAS DE 2016 E A CRISE GREGA


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, TURISMO DURANTE A COPA DO MUNDO DE 2014, INFLAÇÃO, COBIÇA, AMBIÇÃO, LEVAR VANTAGEM EM TUDO, GRINGOS NÃO SÃO OTÁRIOS (ADIVINHEM QUEM SÃO OS OTÁRIOS?)

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

O QUE EU PENSO SOBRE ROLEZINHO EM SHOPPING CENTER





Guarda é agredido em 'rolezinho' de jovens em parque de Guarulhos

Segundo a prefeitura, adolescentes consumiam bebida alcoólica. Guarda teve ferimentos leves; quatro pessoas foram detidas. Um guarda municipal foi agredido durante um 'rolezinho' de jovens no Bosque Maia, em Guarulhos, na tarde de domingo (12). Ele estava acompanhado de outro guarda quando encontrou os jovens consumindo bebida alcoólica.

Os "rolezinhos" são como ficaram conhecidos os encontros de adolescentes marcado pela internet, que ocorrem em shoppings, parques ou outros espaços.

Segundo a Prefeitura de Guarulhos, os dois guardas foram agredidos com lixeiras e pedras quando abordaram os jovens, que consumiam bebida alcoólica. Uma lixeira acertou um dos guardas no rosto, e depois ele foi espancado. Os ferimentos foram leves.

A Secretaria da Segurança Pública informou que 3 mil jovens participavam do "rolezinho". Quatro foram detidos e levados para a delegacia, entre eles três adolescentes.

Shopping JK 

Também no final de semana, um "rolezinho" ocorreu no Shopping Itaquera, na Zona Leste de São Paulo no sábado (11). A Polícia Militar reagiu com bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha. Três pessoas foram detidas e depois liberadas, entre elas dois adolescentes.

Houve relatos de furtos a uma loja de jogos. Já o shopping disse, em nota, que não houve registro de furto ou roubo. "Jovens se exaltaram e ouve um princípio de tumulto", afirmou o texto. 

Durante a confusão, ocorreu ainda um roubo na estação Itaquera do metrô, que fica junto do shopping. Uma pessoa foi presa.

Foi o sexto "rolezinho" em shoppings desde dezembro. Encontros semelhantes também foram marcados pelas redes sociais no Shopping Campo Limpo e Shopping JK Iguatemi para este mesmo sábado, dia 11. Ambos obtiveram liminares na Justiça que limitavam a entrada de jovens no centro de compras. Não foi registrada confusão nos locais.

Jovens se encontraram no Shopping Campo Limpo no início da tarde, mas não houve confusão. No Shopping JK Iguatemi, adolescentes desacompanhados foram impedidos de entrar no estabelecimento ou questionados sobre o motivo da visita. O "rolezinho" marcado para a tarde deste sábado não aconteceu. O cartaz colocado na entrada dizia: "O Shopping Center JK Iguatemi esclarece que obteve liminar no sentido de proibir a realização do movimento ROLEZAUM NO SHOPPIM nos limites do empreendimento, quer em sua parte interna ou externa, sob pena de incorrer cada manifestante identificado na multa de R$ 10 mil por dia".

FONTE:G1






COMENTÁRIO: fazer "rolezinho" para procurar emprego nem pensar, não é mesmo?

O blogueiro que aqui escreve frequenta Shopping Center, e está longe de ser um "burguês". Sou um assalariado, que passou por poucas e boas até ter o emprego atual, e digo: MUITOS FREQUENTADORES DE SHOPPING estão na mesma condição que a minha, a de não pertencerem ao topo da pirâmide social brasileira. Sou um cara da classe média baixa - daquela meio que proletarizada, meia boca, mas sou - e gosto de ir em shopping sim, e estou me lixando para argumentos escrotos de que esse hábito é um "divertimento burguês".

Se pudesse pagar, passaria uma tranquila temporada de inverno em Campos do Jordão. Outro divertimento burguês? Ah, se muda para Cuba, seu chato! Vá morar na terra do verão (e racionamento) eterno!

Quem diz que shoppings são redutos da "elite branca" é um desonesto intelectual e comunista enrustido, do tipo que torce por uma revoluçãozinha violenta .... mas vai ser o primeiro a se enfiar debaixo da cama se isso acontecer.

Aliás .... aí é que está. Sabe aqueles camaradas que ficaram decepcionados devido a desocupação da favela Pinheirinho não ter dado início a revolta popular que eles tanto desejam? Estão agora justificando os baderneiros. Tem gente que quer mesmo isso: "luta de classes" nos "ambientes burgueses", com o propósito de gerar tensão social suficiente para levar a algum tipo de agitação revolucionária .... o que resultará em muita violência, é claro !!!

Tenho certeza que existe camarada por aí sonhando com revolução estourando dentro de shopping. Considerando que tem quem justifique o vandalismo dos Black Blocs contra patrimônio privado e público (pois é), essa minha afirmação faz todo o sentido, pois sem caos, como este país irá se transformar numa Cuba continental? Revolução já, não importa quantos danos ela provoque.

Danos e prejuízos que aliás serão pagos por toda a sociedade. Patrimônio público destruído resulta em dinheiro do contribuinte gasto para reparar o que criminosos depredaram. Quanto ao patrimônio privado, ora, se você trabalha numa loja que acabou de ser saqueada, será que os prejuízos não porão seu próprio emprego em risco? Sei que em 2013, várias pessoas ficaram desempregadas por causa das ações de vândalos ensandecidos contra os seus locais de trabalho.

 Veja só, sequer estou focando na defesa das propriedades dos capitalistas (os caras maus, o safado do Marx ensinou que eles são maus, e não falta babaca neste país que acredita), mas no sustento de muitos trabalhadores que dependem da livre iniciativa para pagar o pão de cada dia. Nem isso a comunalha que quer o Brasil em chamas respeita. Os comerciários que se ferrem, viva a revolução !!!

E agora existe o risco da geração 'nem-nem' (nem trabalha e nem estuda) servir de bucha-de-canhão para agitadores que adoram Havana, e não estou me referindo ao famoso charuto.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, BRASIL, COMUNISMO, SOCIALISMO, BADERNA, VANDALISMO, POVO, POVÃO, BURGUESIA, CLASSE MÉDIA (ESSA ETERNA ODIADA PELA ESQUERDA), SHOPPING CENTER

domingo, 12 de janeiro de 2014

CURITIBA 2013 - MENOR TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL DA HISTÓRIA


O número de óbitos infantis de Curitiba em 2013 foi o menor da história. Só em relação a 2012, foi registrado uma redução de 9,6%. Foram 216 óbitos de crianças com até um ano de idade em 2013 e 239 em 2012. Nos últimos 34 anos, a menor taxa registrada havia sido em 2011, com 221 mortes.

 Para o secretário municipal da Saúde, Adriano Massuda, a redução está relacionada ao fim da fila de gestantes que aguardavam a consulta para a avaliação de risco e o aprimoramento no Programa Mãe Curitibana. “Curitiba tem história e tradição na rede básica com o programa, mas ainda temos grandes desafios. Articulamos o Mãe Curitibana com a Rede Cegonha, do governo federal e a meta é que esse número diminua ainda mais”, destacou. 

 “Existiu um boato de que iríamos acabar com o Mãe Curitibana mas o que fizemos foi detectar as falhas e corrigi-las, melhorando os serviços oferecidos”, frisou Wagner Dias, coordenador do programa. 

 Para se ter uma ideia, quando a atual administração assumiu a gestão, 763 mulheres aguardavam para realizar a consulta complementar para detectar se a gravidez era de risco e se necessitariam de acompanhamento constante. Em alguns casos, a espera durava até três meses. Hoje o sistema não tem fila e a consulta no hospital é marcada em no máximo cinco dias. 

 Além da ampliação do acesso e melhoria da qualidade do pré-natal, entre os benefícios que foram incorporados ao Programa está a realização de parto e nascimentos seguros através de boas práticas de atenção. “É o parto humanizado, com equipamentos e estrutura adequada para estimular o parto normal de forma tranquila e segura para a mãe e o bebê”, ressalta Dias. 

 O acompanhante durante o parto também será assegurado nas seis maternidades vinculadas ao SUS Curitiba, que deverão seguir esta prerrogativa. Todas estas ações estão focadas na redução da mortalidade materna e neonatal. “Não se pode admitir mortes em Curitiba por situações que poderiam ser evitadas”, enfatizou o coordenador. 

Novos exames 

 Com a ampliação do Programa Mãe Curitibana, foram acrescentados aos exames obrigatórios durante o período pré-natal testes rápidos de HIV e sífilis e eletroforese de hemoglobina, para identificar alterações na hemoglobina, como anemia falciforme e talassemias. 

“O exame de gravidez está disponível em todas as unidades de saúde e as agentes de saúde acompanham o pré-natal das gestantes, orientando em todos os casos. Também são realizados testes de sífilis e HIV nos períodos indicados com resultado em tempo oportuno”, explicou Massuda. As unidades de saúde também realizam oficinas sobre amamentação, planejamento familiar e cuidados com o bebê. 

 História 

 Em 1979 foi implantado o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) pelo Ministério da Saúde que padronizou as informações em todo país. Neste ano, Curitiba registrou 1.596 mortes de crianças menores de um ano. 

 Neste período, as taxas de mortalidade reduziram significativamente graças a melhoria na qualidade de saúde da população, especialmente as relacionadas às condições de alimentação, moradia, saneamento, educação e a facilidade no acesso e qualidade dos serviços de saúde ofertados a população. 

 Curitiba também iniciou em 2002, a investigação e análise complementar de cada caso de óbito infantil pelo Comitê Pró-Vida de Prevenção de Mortalidade Materno-Infantil. 

 O Comitê Pró-Vida é composto por representantes do Sistema Único de Saúde (SUS) e da rede privada, sociedades científicas, órgãos de fiscalização, organizações da sociedade civil. Os objetivos do Comitê são de identificar causas e fatores que contribuem para os óbitos, discutir e sugerir medidas de intervenção e conscientizar gestores, serviços, profissionais de saúde e comunidade sobre os efeitos da mortalidade materna e infantil.



O coeficiente de mortalidade infantil de 2013 será divulgado em fevereiro, após finalização da computação dos dados dos nascidos vivos.


FONTE:PREFEITURA DE CURITIBA


 


POSTAGEM RECOMENDADA: CURITIBA 320 ANOS



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, SUS, SAÚDE PÚBLICA, OS BONS EXEMPLOS VEM DE FORA 

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

OS FILHOS DAS TREVAS


Percival Puggina

O ideal totalitário que ainda hoje assombra a América é o comunista. Ele está ativo e exerce poder pelo voto em mais de uma dezena de países que, aos poucos, são afastados da democracia e seus valores. No poder ou fora dele, os principais adversários que essa esquerda desvairada pretende eliminar são sempre os mesmos: a instituição familiar conforme a ordem natural, as Igrejas cristãs tradicionais e a católica em particular, e as Forças Armadas. O caso do Brasil, exemplo diretamente sob nossos olhos, é clara evidência do que afirmo. 

São antagonismos facilmente explicáveis. Quem pretenda subverter determinada ordem para impor outra (como exige o ideal totalitário) precisa, essencialmente, destruir as estruturas através das quais se reproduzem, nos indivíduos, os valores que lhe deem consistência. As três estruturas mencionadas acima – Família, Igreja e Forças Armadas – são como pilares, vigas e lajes de uma sociedade. Daí a persistência dos ataques que lhes são dirigidos. O ideal totalitário investe contra a instituição familiar por dois flancos. Num deles, tenta fazer da família uma coisa qualquer. No outro, busca transformar uma coisa qualquer em família. Os inimigos da Igreja não querem apenas eliminar qualquer expressão externa de sua existência. Querem, principalmente, como se a ordem jus-política prescindisse de um fundamento moral, eliminar a influência dos valores cristãos na moral social e, por via de consequência, no ordenamento jurídico dos povos. A nova ordem que os fascina precisa de uma moral sem fundamentos. 

 As Forças Armadas, armadas e fortes, por vocação e formação de seus quadros, são exemplo sociais de ordem e disciplina a serviço da segurança e da paz. É visível o empenho do governo e seu partido em vilipendiá-las, em lhes suprimir recursos humanos, financeiros e materiais. Trata-se de conduta não oficial, mas efetiva, dos que desfilam sua bazófia e arrogância pelo país, como se proprietários dele fossem todos os seus ocasionais dirigentes e militantes. O grupo hoje instalado no poder, que perdeu o confronto com as Forças Armadas nos anos 60 e 70, vai à forra usando o aparelho do Estado. No entanto, em que pese todo o mal que lhes podem fazer e fazem, todas as mentiras que a respeito delas podem repetir e repetem, o povo brasileiro preserva as Forças Armadas como a segunda entre as 18 instituições mais confiáveis do país (a primeira, por motivos óbvios, é o Corpo de Bombeiros). As FFAA contam com a confiança de 66% da sociedade segundo o Índice de Confiança Social medido em 2013 pelo Ibope. Imagino o quanto deve ser difícil para quem há mais de meio século vem tentando desmoralizar as Forças Armadas, ver seus próprios líderes sendo presos e a sociedade dedicando aos silenciosos militares brasileiros o merecido respeito e confiança.
  
Retorno ao ponto inicial. Vociferam incessantemente contra as convicções cristãs. Contra elas põem nas ruas as trupes de pelados, as vadias que se requebram com símbolos sacros, seus projetos de aborto, suas cartilhas e paradas gays, e outras tantas frentes de combate. Embora façam tudo isso e muito mais, as Igrejas persistem em terceiro lugar entre as instituições mais confiáveis segundo o sentimento nacional. 

 “E quanto à instituição familiar, o terceiro alvo preferencial do ideal totalitário?”, indagará o leitor. Pois é. No universo da pesquisa (que também envolve as relações individuais/sociais dos entrevistados), a boa e velha família dispara em primeiríssimo plano, contando com a confiança de 90% das pessoas. 

Alegrou-me conhecer esses dados. Eles me permitiram confrontar o empenho dos adeptos do ideal totalitário com os resultados até agora colhidos na sua tarefa de demolição. Mesmo sem revides, mesmo contando com a indiferença de tantos, mesmo que “… os filhos das trevas sejam mais astutos que os filhos da luz” (Lc 16,8), ainda há muito espaço para resistência.


FONTE: PERCIVAL PUGGINA


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, POLÍTICA, ESQUERDA, ESQUERDISMO, SUBVERSÃO, COMUNISMO, COMUNISTA SUBVERSIVO (TODO COMUNISTA É SUBVERSIVO, BASTA DIZER QUE ELE DEFENDE UMA IDEOLOGIA QUE PREGA A DESTRUIÇÃO DAS RELIGIÕES. DIZER O CONTRÁRIO É ENGANAR A SI MESMO, OU CONCORDAR COM ISSO), ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014

O VALOR DO SILÊNCIO PARA A LUTA DO LOBO SOLITÁRIO (CONCURSEIRO DE AÇO)




Faz tempo que nada escrevo sobre as estratégias para o concurseiro Lobo Solitário (Concurseiro de Aço) alcançar a vitória. Pois bem, irei aqui reforçar a necessidade do SILÊNCIO.

 Não se trata aqui de repetir sobre a necessidade de se calar, ante pessoas que poderão desmotivá-lo em seus projetos, isso eu já disse. Existem certas pessoas em especial que - algo que não é incomum em Peruíbe - poderão se incomodar com o seu esforço de se tornar funcionário público. Falo de certos - não de todos, presta atenção !!! - PATRÕES.

Pois é. Você já está a meses trabalhando duro na loja de um comerciante que vive prometendo que UM DIA, num futuro indefinido, registrará a sua carteira de trabalho. O tempo passa ... e nada !!! Sabe como é, você queria EMPREGO OU TRABALHO (o velho argumento imbecil, escutei tanto isso, de tanto empregador trouxa que se achava melhor do que eu)? E aí, o caro leitor acaba caindo na real, e resolve estudar para concurso público. Te aviso: poucos são os patrões que não se incomodam com esse tipo de escolha do empregado.

Para certos patrões que existem nesta cidade, o empregado só é bom como um "anjo" enquanto demonstra estar "contente" com o emprego. Se estuda para passar em concurso público, vira um "demônio". O empregado sem carteira assinada (CLT), que passa a estudar de noite e nos raros dias de folga para conseguir um cargo de servidor público, visando um melhor salário e direitos trabalhistas respeitados, está descendo a escada do inferno.

Claro que neste momento sou obrigado a dizer que não estou falando de todos os patrões/empregadores peruibenses ..... mas muitos são assim: se ofendem com certas escolhas "subversivas" (de certa forma são), o que não tende a ser bom. 

Seu trabalho de "faz-tudo" no mercadinho está longe de ser o que busca, mas te garante algum dinheiro, enquanto aguarda ser chamado em determinada repartição pública, pois se classificou, mas ficou na lista de espera. Dependendo de quem te paga, melhor só falar sobre essa vitória quando estiver para sair. 

O silêncio possui muito valor .... e evita muitos problemas, se é que você me entende.


Postagem recomendada: EU NÃO PRETENDO DESISTIR



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, CONCURSEIRO, CONCURSO PÚBLICO

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

REELEIÇÃO DE DILMA AMEAÇADA



JOÃO GUALBERTO JR

MANIFESTAÇÕES NA COPA SÃO A MAIOR AMEAÇA À REELEIÇÃO DE DILMA 


O contexto era de Copa das Confederações, e o Palácio do Planalto prevê que os protestos voltarão na Copa do Mundo, apenas três meses e meio antes da sucessão presidencial. A pergunta que preocupa o governo é: o “fator Copa” vai influenciar o resultado da eleição? 

 Mais do que os protestos, difíceis de se prever e controlar, a organização do mundial também pode ter impacto nas campanhas, para o bem e para o mal. Em ano de eleição, o Brasil vai sediar a competição esportiva com o maior número de espectadores. A Embratur espera 7,2 milhões de turistas estrangeiros neste ano, claro, atraídos pela Copa. A imagem do Brasil no mundo estará em jogo, e os protestos poderão interferir, em especial, no quesito segurança. 

 O cientista político Rudá Ricci acompanhou as mobilizações populares em Belo Horizonte e em outras capitais e fez comparações com atos semelhantes de outros países, como o “Occupy Wall Street”, de 2011. O resultado é o livro “Nas Ruas”, que será lançado em fevereiro. 

 O pesquisador não tem dúvida do potencial negativo da Copa para a eleição. Segundo ele, mais do que a inflação, ou o fortalecimento dos prováveis candidatos de oposição – o senador mineiro Aécio Neves (PSDB) e o governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) –, virão das ruas os principais obstáculos à reeleição de Dilma. “Não está claro se, de fato, os meninos vão conseguir colocar muita gente na rua. Mas vão criar um mal-estar. Não tenho dúvida.” 

 NOVOS PROTESTOS

 Mas se parece não restar dúvidas sobre os novos protestos, elas pairam sobre o poder destrutivo dos atos. Ricci ressalta que o interesse do brasileiro pelo mundial é maior do que pela Copa das Confederações, e os obstáculos a uma partida da seleção podem revoltar muitos torcedores. “Na Copa é a ‘pátria de chuteiras’, não tem jeito”, sintetiza. 

 Existe também o componente de violência, que pode afugentar muitos cidadãos das ruas. Como ocorreu nos atos de 7 de Setembro, dominados por adeptos da tática Black Bloc nas capitais, não se viram tantos manifestantes pacíficos e famílias completas, como em junho. 

 Existe, por fim, o fator tempo. Se a popularidade da presidente voltar a cair em junho, poderá se recuperar até outubro? E a queda será tão profunda a ponto de comprometer a reeleição?

 O risco depende do nível que a aprovação atingir em meados do ano, aponta o cientista político. Segundo o Ibope, após o pior ponto, em julho, com 31%, a avaliação positiva do governo só subiu. 

 “Estou impressionado com a recuperação da Dilma. Se em abril, maio, ela tiver um ‘colchão’ de popularidade, mesmo com mobilização forte, pode chegar bem na eleição”, prevê Ricci.


FONTE: DEBATES CULTURAIS


COMENTÁRIO: considero que existirão dois grandes fatores para a ocorrência de novos protestos no meio do ano.

Um deles será sem dúvida a Copa. A questão dos "hospitais padrão FIFA" será levantada, independente dessa bobagem da "pátria de chuteiras". Que nenhum petista se espante, mas a Dilma corre o sério risco de ser vaiada na abertura.

E quanto ao outro fator, está no vídeo logo abaixo:




MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, BRASIL, ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014, COPA DO MUNDO DE 2014, DILMA, LULA, PT, ECONOMIA, MERCADO IMOBILIÁRIO, IMÓVEIS, BOLHA IMOBILIÁRIA