segunda-feira, 31 de maio de 2010

No caminho, com Maiakowski: para peruibenses que se autocensuram




"Na primeira noite
Eles aproximam-se
E colhem uma Flor
Do nosso jardim
E não dizemos nada.
Na segunda noite,
Já não se escondem:
Pisam as flores
Matam o nosso cão,
E não dizemos nada.
Até que um dia
O mais frágil deles
Entra sozinho em nossa casa,
Rouba-nos a lua e,
Conhecendo nosso medo,
Arranca-nos a voz da garganta
E porque não dissemos nada,
Já não podemos dizer nada."

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Peruíbe recebe Brasileirão de Trekking 2010 com recordes de atletas

A Iron Adventure, organizadora do Brasileirão de Trekking, tem mesmo motivos para comemorar os números da edição de 2010: Faltando ainda poucos dias para o início da competição já estão inscritas 108 equipes e são mais de 30 apoiadores / incentivadores.

O número de equipes inscritas é 30% superior à edição de 2009, realizado na cidade de Barra do Piraí/RJ. “Este é o maior sinal de que nosso trabalho está fazendo o esporte crescer, o que é nosso objetivo desde quando começamos a organizar eventos de Trekking”, explica José Maurício Lemos, diretor de eventos da Iron Adventure.

Este crescimento somado à seriedade e profissionalismo da organização trouxe também mais apoiadores para esta edição. “Além do incentivo de diversas instituições e organizações, este ano conseguimos apoios de empresas que compartilham nosso empenho em desenvolver o esporte. São fabricantes de equipamentos de aventura, repositório de energia (isotônico) e produtos especiais para cuidar dos pés dos competidores”, completa Lemos.

O destaque deste ano fica por conta da Dr. Scholl’s, marca especializada em produtos para o conforto e bem estar dos pés, que se identifica integralmente com o Trekking de Regularidade, um esporte de caminhada.

A organização celebra os recordes destacando o trabalho conjunto com a Prefeitura de Peruíbe, que apostou em um grande evento para movimentar a baixa temporada na cidade. Para a população de Peruíbe foram oferecidas inscrições gratuitas no Brasileirão e serão realizadas aulas de Trekking. Entusiasmada com o Brasileirão, a Prefeita Milena Bargieri está inscrita e irá disputar o campeonato na categoria Novatos.

FONTE: http://360graus.terra.com.br/

Ministério Público determina expulsão de moradores da Juréia: parte 2


Sabem, eu adoro colocar imagens nas postagens. Acho que elas ficam "peladas" se não tiverem fotos, as quais ajudam muito na elaboração do conceito que pretendo passar no texto. Essa aí peguei no PANORAMIO. A Juréia possui uma diversidade notável, incríveis paisagens,  uma beleza grandiosa. E quem leu o artigo que eu postei anteriormente, viu que ela é o centro de um polêmica antiga que se aproxima do fim.

Polêmica da qual a maioria do povo peruibense não está informado, E NEM ESTÁ INTERESSADO EM SE INFORMAR. As famosas ONGs estão mais isoladas do que nunca, pois foram estúpidas o bastante em ganhar A ANTIPATIA DA MAIORIA DA POPULAÇÃO.

De acordo com a notícia, 350 famílias que vivem nos lados peruibense e iguapense estão "em estado de desespero". Totalmente compreensível, e a minha simpatia está com elas, mas não com os ongueiros que afirmam apoiar essas pessoas. Essa gente parece ter asco de todo pobre desta terra QUE NÃO É ÍNDIO OU CAIÇARA, e neste momento tão difícil, grande parte dos moradores urbanos de Peruíbe e Iguape....ESTÃO SE LIXANDO PARA ISSO.  O que é que essa questão significa para a vida deles ???

Onde estão os gloriosos ongueiros ecologistas para ajudar nas soluções dos graves dramas sociais, em que vivem os favelados das duas cidades ???

Todos os anos, famílias inteiras, que não são caiçaras, e que não se sentem ameaçadas por um totalitarismo estatal com "justificativa ecológica", abandonam ambos os municípios, por razões que já citei neste blog. Que eu saiba, esse drama não comove esses militantes, pois esses fugitivos, desculpem, migrantes não estão em suas listas de prioridades. Moradores urbanos pobres não se encaixam no perfil idealizado de vítima que essa turma adora defender. É até bom que partam, pois é gente a menos precisando de emprego. Ao migrarem, diminui a pressão que na visão desses "heróis", ameaça o nosso "paraíso".

Como é que seria se todos os excluídos sociais, em um cenário de realismo fantástico, partissem daqui? Bem poucos dos que ficassem apoiariam idéias como a do Porto Brasil. Esse é o desejo secreto dos ongueiros, pois só assim, poderiam criar o "município ideal", um modelo, para ser usufruído por uns poucos privilegiados, o que inclui eles, naturalmente. É o que eles pensam e desejam mas não podem assumir.

Já caiçaras e índios invasores podem ficar, pois não são muitos mesmo, podendo ser facilmente doutrinados a se manterem afastados de certos "projetos alienígenas". Vejam a ironia: reclamam da expulsão de habitantes tradicionais da Juréia, mas bem que adorariam ver os nossos suburbios serem esvaziados. Melhor para eles dez mil aposentados paulistanos de classe média do que trinta mil nordestinos que desistiram da condição de camponeses lá na caatinga. Esses migrantes de muito longe atrapalham a causa, tinham todos é que voltarem para lá. Alguns até partem, mas a maioria é muito teimosa...e eu espero que continuem assim.

Para azar das comunidades que ficam na  Estação Ecológica, a maior parte das pessoas da região se manterão indiferentes a questão, não dando a mínima para o que possa ocorrer. Seria diferente, se os ongueiros não ficassem desafiando tudo, buscando "vitórias" sempre. Entre eles tem gente demente o bastante para se opor até a construção de um possível terminal para embarque de passageiros em transatlântico em Peruíbe. Com eles não tem negociação, nunca tem acordo. E esse radicalismo só prejudicará aos caiçaras da juréia, convertidos a condição de minoria em sua própria cidade.

 Não ocorrerão aquelas manifestações dos anos oitenta, as quais enterraram os interesses da nuclebrás e o projeto imobiliário de urbanização da Juréia. Lá, o povo se interessava, apoiou o discurso ecologista. Mas o tempo passou, mudanças que as pessoas esperavam não ocorreram, a insatisfação cresceu, e vejam só: os ecologistas ongueiros são vistos hoje como inimigos do desenvolvimento peruibense. E eles possuem responsabilidade nisso, pois NUNCA DEFENDEM ALGO PARA PERMITIR ESSE DESENVOLVIMENTO.

 Claro que a culpa é toda do governo, os militantes são santos, dotados do dom da onisciência. Estão certos sempre, embora tenham lentamente ganhado o ódio de muitos. Deve ter algum motivo para ganharem tanto desprezo, suponho.

Bem, como eu já disse antes, os caiçaras que moram na reserva contam com a minha simpatia, mas deviam escolher melhor seus amigos, tipos que queimam o filme, pois afastam o apoio popular as reinvindicações justas deles. O ressentimento alimentado pelo aparente fiasco do Porto Brasil alimentará o desinteresse da maoiria dos peruibenses por esse drama. Se os ongueiros são capazes de se impor em tudo, pois que se virem nessa também. Pois que se virem. Provem dos frutos da árvore que plantaram.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Ministério Público determina expulsão de moradores da Juréia : parte 1

Liminar manda retirar todos os moradores da Juréia, inclusive as comunidades tradicionais. Comissão de Meio Ambiente e de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa reúnem-se hoje, 25/05, 14h30, para avaliar a situação.

O Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente – GAEMA- Núcleo Baixada Santista entrou com a ação civil publica nº
441.01.2010.001767-0, na 1ª vara Judicial Civil de Peruíbe, contra a Fazenda Pública do Estado de São Paulo e o Instituto Florestal, e obteve liminar com tutela antecipada conforme sentença judicial “item b” determinar à Fazenda Pública medidas judiciais cabíveis, no prazo máximo de 120 dias para total retirada dos ocupantes do interior da Estação Ecológica Juréia-Itatins, fixando multa diária de 10.000 UFESPs pelo descumprimento de quaisquer das obrigações.

O que diz a UMJ

Esta situação é reflexo do abandono de duas décadas do governo PSDB no que diz respeito às suas obrigações de assegurar não só a conservação do meio ambiente, mas também a qualidade de vida das comunidades no interior da EEJI. Essa omissão traz hoje reflexos negativos ao meio ambiente e o mais importante, agora também sobre as comunidades moradoras da Estação Ecológica.

Após 20 anos de luta da União dos Moradores da Juréia (UMJ) conversando com vários atores como, Igreja, ONGs, Universidades, Governo, deputados, participando de debates seminários, promovido pelas USP, UNICAMP, ESALQ, IF. SMA, em vários lugares deste país. Este diálogo é com o intuito de criar, com a participação da sociedade, alternativas para a melhoria da qualidade de vida, manutenção das comunidades e conservação da natureza através reclassificação da Juréia. A União dos Moradores da Juréia acredita que os seres humanos fazem parte desse ambiente, e dá sim para conciliar homem e natureza. Em 2006 conseguimos aprovar a Lei Estadual 12.406-06, criando o Mosaico de Unidades de Conservação da Juréia. O Mosaico criou reservas de desenvolvimento sustentável (RDS) em duas comunidades, mas que, ao nosso ponto de vista, já foi um grande avanço para nós moradores, e assim continuamos lutando, para incluir as outras comunidades nas RDS. Em 2009 uma Ação de Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) promovida pelo próprio Ministério Público, declarou a lei inconstitucional.

Em outubro de 2009 a UMJ convenceu o Governo a iniciar outro processo participativo para reclassificação da Juréia, que culminou em duas audiências publicas promovidas pelo CONSEMA em Peruibe e Iguape 01 e 02 de fevereiro respectivamente. Desde então o processo foi interrompido pelo Governo (Secretaria do Meio ambiente) não dando continuidade de encaminhamento do projeto de lei à Assembléia Legislativa. Nenhuma explicação foi dada aos seguimentos envolvidos na elaboração do mesmo (comunidades, ONGs, prefeituras e outros).

Fruto da IRRESPONSABILIDADE DE UM GOVERNO, desrespeito com o gastos de recursos públicos, com o regime democrático e principalmente com o povo de quem deveria promover a melhoria de vida, produz efeitos funestos, o medo e a insegurança. Em 26 de março o GAEMA impetrou a ação civil pública acima, que leva ao desespero todas as comunidades da Juréia. Essa irresponsabilidade nos faz lembrar governos com base na tecnocracia e que desrespeitam a democracia participativa, que aos moldes do nazismo fazendo assim uma “limpeza étnica” e promover o holocausto nas comunidades caiçaras da Juréia.

A União dos Moradores da Juréia (UMJ) convida-os a participar da REUNIÃO CONJUNTA DAS COMISSÕES DE MEIO AMBIENTE E DE DIREITOS HUMANOS DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO, em 25 DE MAIO – LOCAL: Assembléia Legislativa- Plenário Teotonio Vilela – HORÁRIO: 14h30.

Entre os temas a serem discutidos estará na pauta a Ação Civil Pública (ACP) – Ministério Publico contra a Fundação Florestal e Fazenda Pública nº 441.01.2010.001767-0,1ª Vara de Peruíbe, a qual já tem liminar com tutela antecipada e uma das seguintes decisões descrevemos abaixo:

“b) determinar a core Fazenda Pública do Estado de São Paulo adoção, no máximo de 120 dias (cento e vinte dias), das medidas judiciais cabíveis, para total retirada dos ocupantes do interior da Estação Ecológica Juréia Itatins, abrangendo ainda as ocupações supervenientes à propositura desta ação”

Como sabemos a estação ecológica é uma UC de proteção integral (SNUC) a qual não pode haver ocupação humana. Porém na sua criação a lei época determinava que as estações ecológicas deveriam ser implantadas em terras públicas e as desapropriações deveriam ser feitas com prévia indenização.

Tudo começou errado, a Estação Ecológica da Juréia (EEJI) foi implantada sobre as terras de cerca de 20 comunidades e até hoje (passados 24 anos!) não houve indenização às famílias que compõe essas comunidades.

Por outro lado as proibições, as multas, os impedimentos estão sobre essas comunidades desde 1987, data da criação da EEJI, o que estimulou um imenso êxodo rural em direção às periferias das cidades da região. Muitas famílias resistiram e se organizaram em torno da UMJ e ainda somos 13 comunidades.

No ano de 2006, fruto de uma ampla discussão, a UMJ conseguiu aprovar na Assembléia Legislativa a Lei 12406-06 que criou o Mosaico de UCs da Juréia. O Mosaico da Jureia era composto por UCs de proteção de integral e de uso sustentável. Considerado um grande avanço para superar os graves conflitos existentes hoje, decorrentes da criação de UCs sobrepostos as comunidades tradicionais. Compatibilizava a necessidade de conservação e a garantia de tranqüilidade para as comunidades da Jureia.

Em 2009 uma ação direta de inconstitucionalidade (ADIN) promovida pelo Ministério Público (MP) derrubou a lei e toda a área voltou a ser estação ecológica, acrescida de mais 16000ha que entrou como compensação ambiental pelos 2300 hectares (ha) de RDS criadas no processo de criação do mosaico.
Novamente a UMJ, ainda em 2009, mobilizou o Governo e começamos a discutir ainda em 2009 um novo Mosaico através de projeto de Lei do executivo, já incorporando informações dos estudos do plano de manejo. A própria Fundação Florestal se comprometeu publicamente na última oficina do Plano de Manejo do Mosaico anterior em dar prosseguimento na agenda de construção do novo projeto. O CONSEMA chegou a realizar duas audiências públicas em Iguape e Peruíbe (fevereiro 2010), fase anterior do envio da lei para aprovação no Executivo, onde novamente foi assumido o compromisso por parte da Fundação Florestal em dar prosseguimento nas negociações para se chegar na nova proposta de Mosaico.

Desde de fevereiro o processo está paralisado na SMA-SP e diante da inércia e irresponsabilidade do Governo na continuidade do processo o MP ingressou com esta ACP que traz medo e insegurança para as comunidades da Juréia.

Trata-se da discussão de um novo paradigma para o ambientalismo paulista são as comunidades tradicionais os pequenos agricultores sendo incluídos como parceiros na conservação. A única possibilidade de alteração deste estado de desespero das cerca de 350 famílias que lá vivem é o Governo dar continuidade no projeto de lei que estava em discussão, porém acatando as determinações da ADIN que derrubou a lei anterior.

Estaremos discutindo isso no dia 25 de maio Às 14;30hs na Assembléia legislativa do Estado de São Paulo
Contamos com sua presença.

Atenciosamente
DAURO MARCOS DO PRADO- presidente UMJ

FONTE: Diário de Iguape

sábado, 22 de maio de 2010

DEPOIS DE 17 MESES, CADÊ A ADMINISTRAÇÃO DE PERUíBE????


CADE A BANDA? TEM VIOLÃO E VIOLINO?? SÓ??
CADE O ESPORTE?? TEM ARTES MARCIAIS?? SÓ??
CADE A SAUDE QUE DIZIAM QUE IAM DESPACHAR DE LA ATE QUE FICASSE CURADA, E FICOU FOI PIOR!! NEM SOROLOGIA NOS DENGOSOS, É A DENGUE SE TRATA, OU SE MORRE, E NADA DE OFICIALIZAR O NUMERO VERDADEIRO DE CONTAMINADOS!! FORA TANTAS OUTRAS COISAS QUE O POVO FALA, VÊ…..

CADE OS CONTRATOS MILIONARIOS E LICITAÇÕES DE EMPRESAS DE  SEGURANÇA, LIMPEZA, DELEGACIAS, DITRAN E CIRETRAN, FESTAS DO FUNDO SOCIAL QUE FAZEM MAIS BARULHO E BAIXARIA QUE QUALQUER UM DA CIDADE, COMO A ULTIMA, NINGUEM PODE FAZER BARULHO, MAS,  COMO A PREFEITURA É O EXEMPLO,  ELES PODEM!! PARA GANHAR $$$$$$$ NO USO DO SALÃO DO CENTRO DE CONVENÇÕES, O FUNDO SOCIAL PROMOVE FESTAS QUE FAZEM BARULHO DE BAIXO CALÃO COM PALAVRÕES EM CANTORIAS ATE 5:00 HS DA MANHA.

OS COMERCIANTES NÃO PODEM , MAS QUEM DEVERIA DAR EXEMPLO PODE?? E A DEFESA NADA FAZ, DIZ QUE É DO FUNDO SOCIAL, PATROA NÃO DEIXA INTERVIR. MAS A POLICIA MILITAR?? É ESTADUAL, TEM QUE SER CHAMADA, SOLICITAR AJUDA, POIS OS DIREITOS SÃO IGUAIS E ISSO TA NA NOSSA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, PARECE QUE PERUIBE SAIU DO PAÍS!? RSRSRSR

SOMOS GENTE!! QUEREMOS RESPEITO!!

VAMOS EXIGIR NOSSOS DIREITOS, CULTURA, SAUDE, EDUCAÇÃO, RESPEITO, ESPORTE….TUDO QUE ELES VIVEM FAZENDO, É REUNIÕES ,E  NÃO RESOLVEM NADA, NÓS PAGAMOS TUDO E NÃO VEMOS NADA!!!

FONTE: PSOL DE PERUÍBE

Mais questões que nunca tem espaço nos jornais locais, as quais sobram para os blogs de insurretos, pois os seus donos não possuem compromissos com uma certa minoria privilegiada, que se acha dona de tudo.

Lamento muito pela pobreza da blogosfera peruibense, bem carente de participantes, os quais poderiam fazer uma grande diferença, contribuindo para mudanças reais neste município, mudanças que não interessam para alguns, embora esses sempre digam o contrário.

Banco do Povo supera meta de contratos firmados em Peruíbe / 2010


PERUÍBE - Durante o 3º Mutirão do Banco do Povo Paulista (BPP) realizado em abril deste ano, o Município de Peruíbe, no litoral sul do estado, superou a meta de contratos e conquistou o primeiro lugar no Estado de São Paulo.

O município competiu com outros na faixa populacional entre 50 mil e 100 mil habitantes. No mutirão deste ano, feito ao longo do mês de abril, foram firmados 39 financiamentos gerando quase R$ 131.000. Os empréstimos foram concedidos a vários comerciantes e prestadores de serviços autônomos da cidade litorânea.

A entrega simbólica de alguns cheques foi feita na sede da prefeitura local no último dia 30 de abril, para o empreendedor Washington Rodrigo França Alves (19), que trabalhava na informalidade e conseguiu se beneficiar com o financiamento após formalizar sua empresa por meio do programa Micro Empreendedor Individual (MEI).

Com o empréstimo, Alves pretende aumentar o capital de giro da sua loja de materiais para construção. No Estado de São Paulo foram fechadas 4.736 operações de crédito no total, pelas quais foram emprestados mais de R$ 17,4 milhões. Isso corresponde a mais de 70% dos contratos efetuados nos primeiros três meses deste ano. Mais de 76% dos clientes atendidos pelo BPP neste mutirão estão tendo acesso pela primeira vez ao crédito. Segundo o secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho, esses dados confirmam que as ações estão chegando até o novo pequeno empreendedor.

A agência do Banco do Povo de Peruíbe também fez bonito na ocasião do 2° Mutirão, no ano passado. Peruíbe foi a terceira cidade do estado em financiamentos oferecidos pelo Banco do Povo Paulista.



FONTE: DCI

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Peruíbe se prepara para a Virada Cultural Paulista / maio de 2010


 Finalmente algo de bom neste vazio cultural que é Peruíbe. Não se trata de mais um daqueles eventos bisonhos que a prefeitura promove - ela adora GASTAR MUITO DINHEIRO COM O CACHÊ DE ARTISTAS - mas de um acontecimento que felizmente não atrairá montes de vagabundos para cá, como é de costume no nosso turismo. Segue a notícia abaixo:

A Virada Cultural Paulista passa por Peruíbe, nos dias 22 e 23 de maio, com  diversas atividades.
Entre as principais atrações estão uma homenagem a cantora Clara Nunes , as bandas Farufyno e Mandau e manifestações de cultura popular.
Confira  a programação:

22 de Maio

Onde: Espaço Cultural Chico Latim (foto da postagem)
Av. São João, s/n – Centro.
18h
Música
Pérolas de Clara Nunes na voz de Chico Mendes
__________________
20h
Música
Coral do Servidor Público de Peruíbe
_________________
21h
Música
Nanne Reis
__________________
22h30
Música
Armazém S/A
_______________________________________________

23 de maio

Onde: Espaço Cultural Chico Latim
Av. São João, s/n – Centro
0h
Música

Farufyno
___________________
14h
Cultura Popular
Grupo Manema de Fandango Caiçara (Iguape)
___________________
15h30
Música

Mandau
___________________
17h
Música
Cérebro Eletrônico

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Madrugada gelada em Curitiba indica o rigor do próximo inverno / maio de 2010

Madrugada gelada tem a temperatura mais baixa do ano em Curitiba

Termômetros marcaram 6,7 ºC na capital paranaense, que fica na região Leste do Paraná. O recorde anterior desse ano na cidade havia sido de 7,4 ºC em 10 de maio

20/05/2010

Curitiba registrou a sua menor temperatura do ano na madrugada desta quinta-feira (20). Os termômetros marcaram 6,7 ºC na capital paranaense, que fica na região Leste do Paraná. O recorde anterior desse ano na cidade havia sido de 7,4 ºC em 10 de maio, segundo o Instituto Tecnológico Simepar.

Outras cidades da região Leste do estado também registraram as suas temperaturas mais baixas do ano nesta quinta-feira. Na Lapa, a temperatura chegou a 4,7 ºC nesta quinta-feira, anteriormente a mínina tinha sido de 6,9 ºC. O mesmo ocorreu em Antonina e em Guaratuba. As temperaturas mínimas foram de 10,3 ºC e 11 ºC, respectivamente, nesta quinta-feira. Anteriormente, os termômetros chegaram a marcar 11,5 ºC em Antonina e 13 ºC em Guaratuba.

De acordo com a meteorologista Sheila Paz, do Instituto Tecnológico Simepar, as baixas temperaturas registradas na região Leste são resultado de uma massa de ar frio sobre a região. “A massa de ar frio chegou ao Paraná na tarde de terça-feira pela região Oeste e agora chegou ao Leste do estado”, explicou a meteorologista.

Temperatura mais baixa do Paraná
A temperatura mais baixa do Paraná nesta quinta-feira foi registrada em General Carneiro, na região Sul do estado, onde a mínima foi de 2,7 ºC, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O recorde de temperatura na cidade e no Paraná ocorreu em 10 de maio, quando os termômetros marcaram 2,4 ºC.

FONTE: Gazeta do Povo


Visitem:
Peruíbe outonal

 

Em Peruíbe o sol nasce para todos?


Afirmo que o sol em Peruíbe é um corpo celeste que a maioria não consegue ver nem sentir.
É dito que quando o sol brilha devia de ser para todos mas a nossa realidade é muito diferente.
Por acaso o sol brilha para aqueles que não têm moradia digna nem emprego?
O sol brilha para a multidão que depende da temporada de verão para ter uma renda razoável?
O sol brilha para as crianças sem alimentação adequada, sem educação e expostas a um ambiente violento?

Pois eu digo que não. Claro que para esses e outros peruibenses o sol não brilha e pior, no já próximo inverno que promete ser rigoroso, nem aquecerá a triste sobrevivência de todos eles, simples munícipes que quando olham o céu diurno não avistam o astro-rei, mas só enxergam nuvens, muitas nuvens negras carregadas de desemprego, doenças, desespero, violência, ócio e miséria.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

SÍNTESE DOS ANOS OITENTA/80 EM PERUÍBE



A década de oitenta em Peruíbe foi o melhor dos tempos para muitos de nós, foi o pior dos tempos para muitos de nós, foi a idade de ouro, foi a idade de ferro, foi a época da esperança, foi a época da decepção, foi a época da Luz, foi a época da Escuridão,  tínhamos um futuro maravilhoso, não tínhamos um maravilhoso futuro , estávamos  indo para o caminho certo, estávamos indo direto para o caminho errado.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE


Passa de 150 mil o número de afetados pelas chuvas em SC

Casas ficaram alagadas em Florianópolis
Foto: Fabrício Escandiuzzi/Especial para Terra

O número de pessoas afetadas pelas chuvas que atingiram o Estado de Santa Catarina na noite dessa terça-feira subiu para 152.211, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil nesta quarta-feira. De acordo com o levantamento, os desalojados e desabrigados são 1.910, nas 15 cidades afetadas pelos temporais.
Somente a cidade de Camboriú decretou situação de emergência com a chuva de ontem, no entanto, as tempestades que atingem o Estado desde a semana passada já fizeram com que 30 cidades apresentassem o decreto.

A tempestade que castigou o litoral de Santa Catarina na de terça assustou a população e provocou inúmeros estragos. Moradores de toda a região metropolitana de Florianópolis passaram esta quarta-feira tentando limpar as casas atingidas pelas fortes chuvas. As áreas alagadas causam vários transtornos em quase todo o Estado.

"Eu nunca vi uma chuva assim. Sou nascido e criado aqui há 40 anos e foi a mais forte que assisti", disse o comerciário Lourenço Camilo, morador do bairro Morro das Pedras, no sul da ilha de Florianópolis. Ele faltou ao trabalho para limpar a casa. "Não dormi a noite inteira, preocupado com minha casa e cuidando da minha família. Estava todo mundo chorando, apavorado".

Durante o dia, a situação era complicada em vários bairros devido a alagamentos e falta de energia elétrica. Na praia da Armação, bairro já atingido por uma ressaca na semana passada, um rio transbordou e invadiu ruas e casas. A água não havia baixado na tarde de terça. As praias de Pântano do Sul e Campeche, no sul da ilha, também registraram uma série de alagamentos.

FONTE: NOTÍCIAS TERRA

CCJ do Senado aprova projeto ficha limpa / maio de 2010

Projeto tenta barrar candidatura de candidatos condenados pela justiça.
Texto seguirá para análise do plenário do Senado Federal.

Eduardo Bresciani Do G1, em Brasília


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (19) o projeto ficha limpa. Com a decisão, o projeto fica pronto para votação no plenário. A oposição tenta uma manobra para permitir que a votação ocorra ainda nesta noite no plenário. O projeto é de iniciativa popular e começou a tramitar no Congresso em setembro do ano passado após receber mais de 1,6 milhão de assinaturas recolhidas pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral. A Câmara concluiu a aprovação do projeto na semana passada.

Caso seja aprovado sem alterações pelo plenário do Senado, o projeto segue para sanção presidencial. Se for aprovado com alterações, o projeto volta para a Câmara.

O texto aprovado na Câmara e mantido integralmente na CCJ do Senado pelo relator Demóstenes Torres (DEM-GO) proíbe por oito anos a candidatura de políticos condenados na justiça em decisão colegiada, mesmo que o trâmite do processo não tenha sido concluído no Judiciário. Este tipo de decisão colegiada acontece geralmente na segunda instância ou no caso de pessoas com foro privilegiado.

O projeto prevê ainda a possibilidade de um recurso a um órgão colegiado superior para garantir a candidatura.  Caso seja concedida a permissão para a candidatura, o processo contra o político ganharia prioridade para a tramitação.

O texto em tramitação é mais flexível do que o proposto pelo movimento. A idéia inicial era proibir a candidatura de todos os condenados em primeira instância. Atualmente, só políticos condenados em última instância, o chamado trânsito em julgado, são impedidos de disputar.

A votação aconteceu de forma acelerada na CCJ depois de um recuo do líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR). Na semana passada ele chegou a dizer que o Senado não decidiria o tema sob pressão. Nesta semana, ele mudou o discurso e defendeu a votação com urgência, mas cobrou da oposição que antes sejam votados os projetos do pré-sal, que têm urgência constitucional e trancam a pauta da Casa junto com medidas provisórias. Jucá disse ter alterações ao projeto, mas em virtude do apelo para a votação rápida, ele pretende que um novo projeto faça as mudanças que que julga necessárias.

A oposição tenta desvincular a discussão do pré-sal do debate sobre o ficha limpa. Para isso, foi protocolada uma questão de ordem junto à Mesa do Senado para que se permita a votação do projeto ficha limpa em uma sessão extraordinária mesmo com a pauta trancada. A Câmara já procede desta forma permitindo votações em sessão extraordinária de alguns tipos de projetos.

O Movimento pressiona para a rápida aprovação porque deseja a aplicação ainda nestas eleições. O entendimento do MCCE é que a aplicação poderia acontecer para as eleições de outubro se o projeto for sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva até 9 de junho. Existem dúvidas, no entanto, sobre essa possibilidade e a decisão sobre a aplicação caberá ao poder Judiciário. Uma consulta feita pelo líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já pergunta sobre a possibilidade de aplicação imediata.
 

FONTE: G1 

visitem o link abaixo:


fato que a mídia peruibense já enterrou, e que esse projeto pode desenterrar

Em 24h, Florianópolis tem a 2ª maior chuva da história / maio de 2010

Há um mês chove forte no Sul do País

iG São Paulo 

 

A cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, registrou nas últimas 24h a segunda maior chuva de sua história. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre as 9h de terça-feira e as 9h desta quarta choveu 253 milímetros. Antes, o maior acumulado havia sido registrado em 15 de novembro de 1991, com 404,8 mm.

Em apenas quatro horas, das 22h de terça-feira às 2h desta quarta choveu 161 mm na capital catarinense, enquanto a média pluviométrica para todo mês maio é de 97 mm.

De acordo com o meteorologista do Inmet Flávio Varone, a chuva foi causada pelo ciclone extratropical que atingiu o Estado na última sexta-feira. O ciclone acontece pela elevação do ar quente, que provoca ventos fortes e chuva e, segundo ele, é normal ocorrer com mais intensidade nesta época do ano. “A chuva e o vento estão se afastando para alto mar e a nebulosidade deve começar a se reduzir à tarde”, diz.

Há mais de um mês chove forte em Santa Catarina e, nas últimas 24h, 12 municípios tiveram danos por causa dos temporais. Conforme a Defesa Civil do Estado, a cidade de Palhoça é uma das mais atingidas, onde 300 pessoas ficaram desabrigadas nos últimos dias.

O último boletim do órgão, divulgado às 11h desta quarta-feira, indica que 820 pessoas estão desabrigadas – aqueles que perderam tudo e precisam da ajuda da Prefeitura. Pelo menos 9100 moradores fora atingidos de alguma forma pelas chuvas.


Estradas
As chuvas também provocaram pontos de bloqueio em rodovias estaduais e federais. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o maior problema é na BR-101. No quilômetro 141, em Balneário Camboriú, no sentido sul, uma queda de barreira interdita o acostamento e a pista da direita. No quilômetro 259, em Paulo Lopes, sentido norte, há outra queda de barreira interditando o acostamento e meia pista, com risco de novo deslizamento. No quilômetro 232, em Palhoça, no Morro dos Cavalos, há queda de barreira e pista totalmente interrompida. Há problemas também na BR -101 e BR 282.

Previsão
De acordo com o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia (Ciram), a frente fria se afasta para o litoral do Sudeste e Sul e a tendência é que a intensidade dos ventos diminua nesta quarta-feira, ficando entre 40 a 50 km/h. O sol deve aparecer nos próximos dias.

FONTE: último segundo

Comentário: pois é, povo peruibense, este ano avança com desagradáveis notícias metorológicas, e essas estão até bem próximas. E Peruíbe CONTINUA DESPREPARADA, sem os investimentos necessários para que pelo menos, eventos assim possam ser menos danosos por aqui.

Temporada, "alagamentos" e mentiras...viva 2010 !!!

terça-feira, 18 de maio de 2010

Chuva deixa 25 cidades em emergência em Santa Catarina / 2010

42 cidades tiveram prejuízos causados por temporais na semana passada.
Mais de quatro mil pessoas precisaram sair de suas casas.

Do G1, em São Paulo

Temporais que atingiram Santa Catarina na semana passada deixaram 25 cidades em situação de emergência, segundo boletim divulgado nesta segunda-feira (17) pela Defesa Civil.

Os municípios que ainda estão em situação crítica são: Anitápolis, Araranguá, Armazém, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Braço do Norte, Criciúma, Forquilhinha, Garopaba, Grão Pará, Jacinto Machado, Lauro Muller, Maracajá, Meleiro, Morro da Fumaça, Orleans, Pedras Grandes, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, São Bonifácio, São Martinho, Siderópolis, Timbé do Sul, Turvo e Treze de Maio.

De acordo com o órgão, há mais previsão de chuvas fortes para esta semana. No total, 42 municípios registraram prejuízos por causa dos temporais que atingiram o estado a partir de terça-feira (11).
Uma pessoa permanece desaparecida em Anitápolis. A vítima é um homem de 76 anos. Segundo a Defesa Civil, houve um deslizamento de terra e a casa dele foi levada pelo rio.

Mais de quatro mil pessoas precisaram sair de suas casas. Segundo a Defesa Civil, 3.742 vítimas estão desalojadas e outras 415 estão desabrigadas.

FONTE: http://g1.globo.com/

sábado, 15 de maio de 2010

Litoral paulista se prepara para os investimentos do pré-sal / maio de 2010

O litoral de São Paulo prepara-se para receber obras e novas atividades com a exploração do pré-sal. As autoridades do governo estadual e das cidades litorâneas iniciaram uma grande campanha para que os investimentos da exploração priorizem as empresas e a população de São Paulo.

Para concretizar essa ideia, a Comissão de Petróleo e Gás Paulista promove encontros no interior para aproximar os empresários. O objetivo das reuniões é mostrar que a maior parte da demanda das plataformas pode ser atendidas por fabricantes que estão a poucos quilômetros dos municípios praianos.

Segundo José Roberto dos Santos, secretario executivo da comissão, as oito operadoras autorizadas pela ANP para exploração do pré-sal desconhecem boa parte dos fornecedores localizados no estado. Pelas regras, 60% das compras devem ser feitas de fornecedores brasileiros, no entanto, elas só estão atingido cerca de 30%.

O prefeito de Santos, João Paulo Papa revela que tem uma lição de casa a ser feita para evitar a fuga de capital. Segundo ele, é evidente vai atrair mão de obra especializada até mesmo de fora do país, mas, certamente vai gerar uma demanda por emprego muito grande, avalia.

O turismo também vai lucrar com os investimentos do pré-sal. Para isso, as cidades já estão se preparando. Santos e São Vicente vão investir no turismo e esperam receber mais visitantes para conhecer sua parte histórica; o Guarujá, pelas belas praias; já Monguaguá, Peruíbe, Praia Grande e Itanhaém contam com a questão estrutural.

De acordo com Lucia Teixeira, presidente do Santos e Região, esse crescimento já é uma realidade. “Os visitantes aumentaram em função das cidades já estarem se preparando”, afirma.

A expectativa de crescimento é grande. Até 2020, de 120 bilhões a 150 bilhões de dólares vão passar pela faixa litorânea, que vai de Peruíbe a Ubatuba.

Redação: Marielly Campos

FONTE: Band jornalismo

Comentário: o texto possui uma grave imperfeição, pois diz que a faixa litorânea paulista vai "de Peruíbe a Ubatuba". Então tá, Iguape, Ilha Comprida e Cananéia são cidades PARANAENSES e eu não sabia. E Ubatuba fica na divisa com RJ. Eita jornalista paulistana com frágil conhecimento geográfico !

Bem, tem gente que até passeia por aqui, que acha que Peruíbe "é a última cidade do litoral sul paulista". E as três cidades QUE FICAM MAIS AO SUL, que eu citei? Sei lá, a maioria dos peruibenses e veranistas tradicionais ignoram que existe algo mais além daquela divisa que nos separa de ANA DIAS. Mas esse não é o assunto principal da postagem.

Vejamos como os nossos camaradas ongueiros reagirão a essas mudanças, as quais atingirão Peruíbe, seja com a implantação de ESTALEIRO, PORTO, TERMINAL DE PASSAGEIROS PARA TRANSATLÂNTICO, seja com o que for.

Ficar berrando sem propor NADA DE CONCRETO para mudar a difícil realidade do nosso povo é fácil. Terão que buscar o caminho do diálogo, de um VERDADEIRO DIÁLOGO, sem palhaços vagabundos apitando no Centro de Convenções. Caso contrário, se tornarão um punhado de pó na história de Peruíbe.

Falam com boca cheia sobre ecologia, mas estão empanturrados de PRECONCEITOS SOCIAIS. Não perdem a oportunidade de criticar as migrações dos excluidos, parte do discurso DE TODOS ELES. Essa turma usa o verde como uma desculpa para justificar seu ódio aos pobres, os quais formam a maioria do povo peruibense.


Sobre esse pessoal:

Os ongueiros palhaços da Ecosurf e Mongue voltarão

quarta-feira, 12 de maio de 2010

PROJETO VIDA ANIMAL: Campanha do Agasalho para animais carentes



De um perfil no orkut ligado ao blog PROJETO VIDA ANIMAL :

Estamos fazendo campanha do agasalho para os animais carentes,afinal eles também sentem frio e muitos morrem no inverno de fome e frio,então vamos olhar por eles também!!
Estamos recolhendo na Casa de Rações Falcão e Scooby:

Caminhas/Casinhas de qualquer tamanho,desde que em bom estado para uso
Roupinhas para cães qqr tamanho limpas e em estado bom para uso;
Cobertores,mantas;
Ração para cães,gatos,filhotes e adultos,a quantidade que puderem doar;

O frio também mata os animais de fome e frio,sejam solidários,ajudem!!

terça-feira, 11 de maio de 2010

O frio e a homeopatia contra da dengue em Peruíbe / maio de 2010

A atual onda de frio encerrará com esse surto da dengue em Peruíbe. Os casos da doença diminuirão, pois o clima não faoverecerá mais o desenvolvimento do mosquito transmissor da doença. Foi assim antes e se repetirá agora. O nosso general inverno nos salvará, ante a incapacidade dos nossos órgãos públicos, que não tiveram capacidade em impedir uma catástrofe que poderia ter sido evitada, a qual, aviso, não provocou apenas uma morte.

Vejam só: em um caso raro de inteligência, a prefeitura está recorrendo a homeopatia. Trata-se de um tratamento ministrado em gotas, que segundo se conta, ameniza os fortes sintomas de quem está sofrendo com a dengue, ou seja,  reduz a febre e as dores dos doentes. Em alguma coisa ela tinha que acertar, depois de tantas cacetadas tomadas. Conta-se que o DR Bianchi ficou até sem atender ligações em seu celular, para não escutar mais algumas, digamos assim, críticas bem merecidas. E a ouvidoria do PS foi - e ainda tem sido - muito visitada.

Mas o fato é que não podemos ficar a mercê do clima. Peruíbe precisa ter uma política pública e comprometimento comunitário, as quais façam com que os surtos não se repitam. Se as nossas lideranças se preocupam tanto com o turismo, pois que cuidem para que a dengue deixe de ser parte do calendário oficial da cidade.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Projeto de lei pretende criar a Região Integrada de Desenvolvimento do Vale do Ribeira

O deputado federal Márcio França (PSB-SP) é o relator do Projeto de Lei Complementar nº 324 que cria a Região Administrativa Integrada de Desenvolvimento (RAIDE) do Vale do Ribeira (SP) / Guaraqueçaba (PR). O referido PL, de autoria da deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), estabelece também o Programa Especial de Desenvolvimento da região.

A região administrativa abrigará 22 cidades, sendo constituída pelos municípios de Barra do Turvo, Cajati, Cananéia, Eldorado, Ibiúna, Iguape, Ilha Comprida, Iporanga, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Juquitiba, Miracatu, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Registro, Sete Barras, Tapiraí e Ribeirão Grande, do Estado de São Paulo, e ainda pelos municípios de Guaraqueçaba, Antonina e Paranaguá, no Estado do Paraná.

A formação da RAIDE do Vale do Ribeira com a região de Guaraqueçaba tem por fulcro enfrentar problemas estruturais afetos às áreas que, de um lado, sofreram afluxos desordenados de crescimento e, de outro, receberam parcelas pequenas de investimentos oficiais. Associada à reduzida renda local, esse espaço apresenta grandes contrastes sócio-econômicos. “Em outras palavras, é uma área extremamente pobre circundada por territórios de grandes investimentos e população com as maiores rendas do país”, comenta Márcio França.

Em comum, essas cidades, além de margearem ou serem próximas da Rodovia Federal Régis Bittencourt, pertencem a um único sistema de preservação ambiental, definido e dividido legalmente em três Áreas de Proteção Ambiental (APA): APA Serra do Mar, APA Ilha Comprida e APA Guaraqueçaba. A essas, soma-se o município de Iguape, que abriga a Estação Ecológica Juréia-Itatins, uma das maiores áreas ainda preservadas da Mata Atlântica, composta de grande diversidade de espécies vegetais e animais.

“A criação da RAIDE do Vale do Ribeira é fundamental para o desenvolvimento sócio-econômico da região em sintonia com a preservação e a proteção ambiental já que visa a integração e hamonização de ações e programas federais e estaduais além da ampliação de incentivos fiscais que promovam e maximizem os recursos disponíveis, alavancando um crescimento ordenado e sustentável”, explica o parlamentar.

O deputado ainda acrescenta que “será um suporte indispensável para a melhoria da qualidade de vida da população dos municípios da região integrada, fato esse que trará efeito positivo à principal área de preservação ambiental de reserva de Mata Atlântica da Serra do Mar e do litoral sul brasileiro”.

FONTE: http://diariodeiguape.com/

E Peruíbe fica de fora, já que "ganhamos mais" como parte de uma baixada santista que nos colocou na condição de servos.


 RECOMENDADO:
EXPOVALE sem Peruíbe

domingo, 9 de maio de 2010

Eyjafjallajokull, Katla e uma tempestade de Ácido Sulfúrico / maio de 2010


O impronunciável Eyjafjallajokull voltou ao noticiário internacional. Neste momento, vários aeroportos europeus estão fechados. Segue o drama que tende a ter um peso considerável no futuro próximo do mundo, uma situação que criará inusitadas tendências históricas, as quais mudarão as vidas de milhões de pessoas. Não me refiro apenas aos habitantes da Europa.

Reproduzo aqui um artigo do jornal PRAVDA, com um conteúdo incrivelmente pragmático, algo raro de se encontrar em uma mídia dominada por jornalistas os quais, ESTUPIDAMENTE, riem e zombam da gravidade desta questão. Leiam e analizem:

O livro do Apocalipse, 8: 11 fala de chacina, matando grande parte da humanidade. Dada a incapacidade das autoridades em proteger as pessoas contra Influenza A H1N1, uma vez que se limitaram a deixar que ele se espalhou, o que aconteceria se Katla vomitasse Dióxido de enxofre na atmosfera? Afinal, SO2 + H2O = H2SO4. H2SO4 é o ácido sulfúrico.

O livro do Apocalipse, capítulo 8, versículo 11 declara: "A estrela era Absinto e a terceira parte das águas se tornou em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas" (versão King James). Na Versão Popular do Novo Testamento, "A terceira parte das águas se tornou em absinto. De algum modo, os rios serão as cenas de sua influência maligna. Eles passam a amargura e devem ser as cenas de morte".



Este artigo não é um estudo científico. É um artigo de opinião e é colocado nesta seção de propósito, para não ser alarmista. No entanto, aqueles de nós que têm acesso aos meios de comunicação que atingem milhões, também têm uma responsabilidade coletiva e, no caso do journalista, esta responsabilidade é informar.


Vimos o que aconteceu no caso da Influenza A H1N1. As autoridades mundiais da saúde ficaram a ver passivamente, limitando-se a comentar o que estava acontecendo antes de finalmente admitir que tinha se tornado numa pandemia. Não houve uma única tentativa de impor uma quarentena, alguns disseram que os aviões não poderiam ser obrigados a ficar em terra. (Por que não? Eles ficaram em terra na Europa do Norte na semana passada). Outros perguntaram de onde viria o dinheiro (Fácil. Basta fingir que é um banco e de repente aparecem trilhões de dólares).


E quem pode garantir que as autoridades fariam qualquer coisa na próxima vez? Por exemplo, quem nos alertou sobre o que acontece se o dióxido de enxofre que sai de Katla (SO2), quando liberado na atmosfera, e misturado com a água (H2O) nas nuvens? Porque SO2 e H2O = H2SO4, ácido sulfúrico. E que tipo de catástrofe ecológica poderia ser desencadeada por tempestades de ácido?


Tal evento extremo não só destruiria as florestas, mas também os campos, contaminando os rios, os mares e afectando gravemente o abastecimento de água por um futuro previsível.


Estas linhas são conjectura pura e disparates vazios para aumentar o número de leitores? Não, não são. Pois o Eyjafjallajökull (ei-zha-Fiala-jo-kUtl), Glaciar na Ilha de Montanhas, fez isso antes, mais precisamente em 920, 1612, 1821-1823 e cada vez desencadeou uma reacção muito pior no maior e muito mais poderoso gigante, Katla. Assim, a probabilidade não é remota, é, segundo os dados disponíveis até agora, cem por cento certo.


E não nos esqueçamos de uma outra lição, a de Laki, outro vulcão da Islândia, que explodiu em 1783-1784, quando 120 milhões de toneladas de dióxido de enxofre foi lançado (três vezes as emissões industriais europeus em 2006), resultando em milhares de mortes no Velho Continente.


Seria bom o povo fazer um balanço do que poderia acontecer e se preparar para todos os cenários possíveis. Com o A H1N1, havia muito mais que as autoridades poderiam ter feito. Com uma nuvem de cinza vulcânica se transformando em uma tempestade de ácido sulfúrico, só podemos nos voltar a Deus.


Timothy BANCROFT-HINCHEY
http://port.pravda.ru/

Recomendado: KATLA: o gigante islandês que mudará a história

sábado, 8 de maio de 2010

LUAN SANTANA NO CEMITÉRIO DAS CELEBRIDADES



Caramba, é ótimo recomendar blogs que possuem um conteúdo legal e PROVOCADOR. Segue o texto de um blog que fará história na blogosfera, mais o link do mesmo:

                          Luan Rafael Domingos Santana

¤ 13/03/1991 - † 11/02/2010
Novo candidato aos 15 minutos desses últimos 15 minutos

Epitáfio: “O passado é lição para refletir, não para repetir“
(Mário de Andrade)

O primeiro homem de mídia que existiu foi aquele que inventou a frase fundamental do ramo e a mais citada nos corredores e alcoices do meio: “Nasce um otário por dia”.

Evidentemente que nesses novos tempos de superpopulação, superexposição e super crise educacional, essa frase tem de ser compulsoriamente adaptada para não se perder no próprio sentido: “Nascem milhares de otários a cada minuto”.

Ela explica o fenômeno (no sentido de acontecimento bizarro) Luan Santana e sua meteórica ascenção aos ‘rite pareides’ da mediocridade e da baixa auto-estima, mesmo levando-se em consideração a completa falta de originalidade desse produto insosso, incapaz de empolgar qualquer criatura com mais neurônios que uma ameba.

É o mesmo nhém-nhém-nhém de sempre: baladinhas melosas ou então no melhor estilo “hoje é sexta-feira”, um rostinho fotogênico, uns jeans rasgadinhos, umas entrevistas bancando o bom garoto, violão estrategicamente empunhado. Está tudo lá: o manual de clichês da indústria exercitado item por item, from A to Z!

Do dono da Hilux arrotando no rodízio à mais humilde tiete de celular chinês com dois chips (bru-tu-fe!) emana uma certa unanimidade, da forma como Nelson Rodrigues um dia já definiu: o ‘gurizinho’ é a mais nova brilhante criação dos ‘gênios’ da mídia.

Todo alfabetizado sabe (ou deveria saber) que esta indústria só perde para as farmacêuticas e para as operadoras de telefonia no quesito imoralidade, mas mesmo assim, ainda é de se admirar que em dados momentos tenha a ousadia de desafiar nossa paciência de uma forma tão agressiva, nos dando golpes tão baixos. Sinceramente… mesmo essa mídia corrompida, usada e proxenetada já nos trouxe receitas de bolo menos ruins.

Li outro dia que a venda de antidepressivos têm crescido vertiginosamente na terra do samba e do pandeiro. É de se entender. Com uma nova geração de ídolos como Luan Santana, a alegria vazia do cloridrato de paroxetina é o derradeiro refúgio da ‘galera de peão’ antes das drogas ou do suicídio… Que opção?

TEXTO DO BLOG CEMITÉRIO DAS CELEBRIDADES

PREFEITURA DE PERUÍBE SE PROMOVE COM MENTIRAS / maio de 2010

O texto abaixo foi postado por um anonimo neste blog, e merece atenção. Vejam só:

A COLONIA DOS PESCADORES, HOJE MUITO BEM ADMINISTRADA, CONQUISTOU COM PROJETOS ELABORADOS PELA MESMA, E ENCAMINHADOS AO GOVERNO FEDERAL, EXATAMENTE AO MINISTÉRIO DA PESCA E AGRICULTURA, O “MPA”, UM CAMINHÃO , “DOADO PELO GOVERNO FEDERAL”, PARA O TRANSPORTE DO PESCADO.

NA SOLENIDADE DE ENTREGA DO CAMINHÃO, ESTAVAM PRESENTES VARIOS REPRESENTANTES DE VARIAS ENTIDADES E ASSOCIAÇÕES, ALÉM DA PREFEITURA, QUE EM MEIO A QUEIMA DE FOGOS DE ARTIFICIO, PROMETEU DISPONIBILIZAR MOTORISTA, SEGURO E MANUTENÇÃO PARA O VEÍCULO CONQUISTADO PELA COLONIA DE PESCADORES.

NO BOLETIM OFICIAL DO MUNICIPIO, Nº 377 DE 2010, A PREFEITURA SE PROMOVE DIZENDO QUE FEZ PARTE DO PROJETO, E QUE SE RESPONSABILIZARÁ PELO MOTORISTA, SEGURO E MANUTENÇÃO DO VEÍCULO DOADO PELO GOVERNO FEDERAL, NO ENTANTO, QUANDO PROCURADOS, OS RESPONSÁVEIS POR TAL AFIRMAÇÃO, OU SEJA, A PREFEITURA DE PERUIBE, BUSCANDO OS BENEFICIOS PROMETIDOS EM SOLENIDADE E NO BOM (BOLETIM OFICIAL DO MUNICIPIO), A PREFEITURA , NA VOZ SECRETÁRIO DE GOVERNO, GILSON BARGIERI, AFIRMOU NÃO TER CONDIÇÕES DE CUMPRIR O PROMETIDO NA HORA DO BEM BÃO!! NÃO SERIA TÃO VERGONHOSO SE TIVESSEM CORRIGIDO AFIRMAÇÃO ERRÔNEA NO PRÓXIMO BOLETIM, E COMO NÃO O FIZERAM, COMPROVARAM QUE A PRATICA DE PROMOVER A ADMINISTRAÇÃO DA PREFEITA MILENA, COM MENTIRAS AFIM DE ENGANAR O POVO DESTA CIDADE, É A ÚNICA REALIDADE!

QUE VERGONHA!

PRONTO SOCORRO MUNICIPAL DE PERUÍBE E OS POMBOS / MAIO DE 2010



A foto acima eu encontrei no orkut, sendo divulgada na comunidade POR UMA PERUÍBE MELHOR, que pode se destacar como um importante espaço para debates entre os internautas peruibenses.

Dr. Bianchi, a cidade inteira já conheçe a sua incapacidade para enfrentar a epidemia de Dengue. Dizem que o senhor, em entrevista, afirmou que aquela moça da Vila Erminda que faleceu de DENGUE HEMORRÁGICA, faleceu, na verdade, de LEPTOSPIROSE.

Dr Bianchi, MENTIR É MUITO FEIO. ELA FOI VÍTIMA DE DENGUE HEMORRÁGICA, os sintomas não eram os de dengue, ela teve até HEMORRAGIA. Por Deus, NÃO SEJA MENTIROSO !!!!

Quanto aos pássaros na foto, recomendo que visite este site, que trata de combate a pragas, no caso pombos, os "ratos com asas".

quinta-feira, 6 de maio de 2010

BLOG DE PERUÍBE PROJETO VIDA ANIMAL



Este é um blog que eu recomendo. Garimpar a blogosfera peruibense e encontrar algo de qualidade, que possa fazer a diferença aos internautas não é fácil. Vi que esse se dedica a uma causa nobre - melhores condições de vida para os animais domésticos, e não maquia uma das mazelas de Peruíbe.

A foto acima é do Caraguava, bairro onde é comum a presença de cães abandonados e maltratados. Gostei, é bem realista, e portanto merece ser divulgado. Que diferença de certos ongueiros que sequer se esforçam em ajudar os moradores dos suburbios !!!

 Visitem:
PROJETO VIDA ANIMAL ,ADOTE UM!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

SUCEN FAZ TRABALHO DE NEBULIZAÇÃO EM PERUÍBE / maio de 2010


Equipe da Sucen faz nebulizações contra dengue em Peruíbe


O número crescente dos casos de dengue em Peruíbe demonstra a incapacidade do nosso Departamento de Vigilância Epidemiológica em eliminar - com a colaboração da população - criadouros do mosquito Aedes aegypti – principal transmissor da doença.
Nesta quarta, no centro da cidade, vi uma equipe da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), realizando trabalho de nebulização em uma rua.

Tal ação só pode ser realizada porque um grande número de casos foi confirmado por exames laboratoriais, situação que só reforça a gravidade da epidemia aqui, o que a nossa mídia oculta com dedicação. A nebulização mata apenas os mosquitos adultos que são os transmissores da dengue, sendo feita para impedir um ciclo de casos autóctones, ou seja, casos de pessoas infectadas por mosquitos que anteriormente picaram pessoas doentes que residem na área que foi nebulizada.

domingo, 2 de maio de 2010

Assassinatos até na maravilhosa Peruíbe / maio de 2010

Assassinatos avançam no litoral de São Paulo


Os municípios de Santos, Praia Grande e Peruíbe foram os principais responsáveis pelo aumento de 27% nos homicídios dolosos (quando há intenção de matar) na Baixada Santista nos três primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2009.

Esse aumento reforça uma tendência que já ocorre há quatro anos. Desde 2006, o índice de homicídios dolosos vem subindo na região. Agora, atingiu a maior marca desde então, com 85 homicídios.

Neste ano, as três cidades citadas tiveram o dobro de homicídios no período analisado, segundo dados da Secretaria da Segurança Pública divulgados na noite de ontem.

De janeiro a março, ocorreram 13 assassinatos em Santos, 16 em Praia Grande e sete em Peruíbe. Das 23 cidades da Baixada, somente cinco não registraram mais assassinatos do que no ano passado.

O aumento dos índices também atingiu outros crimes contra a pessoa, como tentativa de homicídio (5%) e homicídio culposo (41%).

Por outro lado, os dados da secretaria demonstram que os crimes contra o patrimônio tiveram queda, com destaque maior para roubo de veículos (redução de 23%) e roubo de bens diversos (10%).

Se os primeiros meses foram ruins, a expectativa para o próximo trimestre não é nada animadora. No mês passado, a região registrou uma série de assassinatos que provocou um alerta do governo dos Estados Unidos aos seus cidadãos, aconselhados a não viajar para a Baixada nesse período de violência -atribuída à guerra entre traficantes de drogas que atuam principalmente nos municípios de Santos, Guarujá, Cubatão e São Vicente.

Nas últimas duas semanas, ocorreram ao menos 23 assassinatos na região, sendo que a Polícia Civil investiga a relação entre 17 deles.

Gripe

O comandante da Polícia Militar da região de Santos, coronel Sérgio Del Bel, comparou essa série de assassinatos nas últimas semanas a uma espécie de gripe -que alterou a média histórica de mortes, estatisticamente. "Por isso chamou a atenção", disse.

Apesar de afirmar não ter conseguido diagnosticar a causa dessa "gripe", o policial afirma que ela está curada. Pelo menos os sintomas desapareceram. E por que a região recebeu um reforço de 200 homens nesta semana?

"Quando a gente pega uma infecção, toma um antibiótico, mesmo após os sintomas terem desaparecido. Quando a febre ou a dor de garganta vai embora, a gente tem que continuar tomando antibiótico para ter certeza de que a gripe não vai recrudescer. Então, é mais ou menos isso", afirmou.

FONTE: FOLHA ONLINE

sábado, 1 de maio de 2010

Primeiro de maio em Peruíbe / 2010



Servidores Públicos comemoram o dia 1 de maio com o 27º Torneio do Trabalhador de Peruíbe

O tradicional Torneio do Trabalhador realizado no dia 1º de maio em Peruíbe há 27 anos, oferece um dia inteiro voltado ao lazer, com competições em diversas modalidades esportivas visando o entretenimento e a integração entre os participantes.

A confraternização é esperada por servidores de toda a região. Muitos interessados em participar do torneio, residentes no Vale do Ribeira e Baixada Santista já estão se organizando para os jogos de dominó, truco, xadrez, dama, tranca, bocha, buraco, malha e sueca. Os concorrentes inscritos nas modalidades de bocha e tranca irão competir no Esporte Clube Arpoador que fica na Rua Rio Preto, nº 20, no bairro Arpoador.

Diversas tendas serão montadas próximas ao Terminal Rodoviário, na Avenida 24 de Dezembro, no bairro da Estação. Além dos jogos haverá uma equipe da Saúde efetuando testes de glicemia e aferição de pressão, para conscientizar e esclarecer a população sobre os cuidados com a saúde e a importância de manter uma vida saudável, cultivando bons hábitos de alimentação e a prática de exercícios físicos.

O Torneio será realizado na Avenida 24 de Dezembro (próximo ao Terminal Rodoviário), bairro da Estação. As inscrições podem ser realizadas no local, a partir das 8h. O início do torneio está previsto para as 9h.


FONTE: Peruibest

Nem fui ver nada disso. Em Peruíbe tudo é festa, até uma data que não é muito agradável para muitos munícipes, pois que eu saiba, todo trabalhador tem que ter emprego, o que não é o caso de muita gente que aqui reside. Enquanto alguns comemoram, muitos têm de suportar o fato de que a próxima temporada de verão (com oportunidades de trabalho) continua distante, mas o inverno - que dá sinais de que será rigoroso -  se aproxima. Fatores que somados costumam tornar as condições de vida mais difíceis para os humilhados desta terra.

Entramos no período em que jovens decidirão arrumar as malas, para partirem em busca de oportunidades que aqui não encontram, oportunidades negadas aos seus pais, tios ou mesmo avós, que acreditaram nas promessas de políticos, sobre cargos comissionados em alguma repartição municipal, em troca de apoio em eleições. Falo de jovens que através da migração, rompem correntes ou evitam ganhá-las. Não acreditam nas manhas típicas de vereadores, justificativas de patrões comerciantes quanto a não registrarem os empregados e é claro, nenhum deles quer ser burro de carga durante a temporada.

Historicamente, muitos peruibenses só melhoraram as suas condições sociais usando os pés, ou seja, caminhando para bem longe daqui. E viva o primeiro de maio em Peruíbe.

Texto recomendado:
Satisfação em ser funcionário público (municipal) comissionado