sexta-feira, 29 de agosto de 2014

DILMA, AÉCIO E MARINA : QUAL DOS TRÊS MERECERÁ O SEU VOTO?



Pois é, os três presidenciáveis acima são os favoritos. Qual desses candidatos merecerá o seu voto, eleitor peruibense ou de mais além?

Sei que aqui em Peruíbe esse é um assunto polêmico para alguns. Existem munícipes que ficam incrivelmente CALADOS quando se trata da eleição presidencial de 2014. Falam tanto da política municipal, dos problemas peruibenses, dizem que o transporte público isso, que a saúde pública aquilo, que a violência urbana aquilo outro, que a cidade está largada, abandonada, etc ..... MAS NUNCA FALAM AQUI NA INTERNET SOBRE EM QUEM VOTARÃO NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS. Não entendo esse silêncio .... o que custa dizer?

Pois eu digo que votarei no Aécio Neves, o candidato do PSDB. Simples assim. Estou no meu direito democrático de dizer isso. E vocês? Dilma do PT, Marina do PSB, ou em algum candidato menos expressivo? 

Se manifestem e simplesmente digam. É muito fácil.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, BRASIL, BRASILEIRO, ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE 2014, VOTO, ELEITOR, ELEITORADO

HOSPITAL MUNICIPAL DE PERUÍBE É DESATIVADO PELA SEGUNDA VEZ EM MENOS DE DOIS ANOS - AGOSTO DE 2014




De A Tribuna On-line


A Prefeitura de Peruíbe determinou a desativação do Hospital Municipal de Peruíbe. Essa é a segunda vez que a unidade hospitalar é interditada em menos de dois anos. A decisão, em conjunto com a Vigilância Sanitária do Estado, foi tomada na noite desta sexta-feira (29 de agosto).

De acordo com informações da Administração Municipal, enquanto estiver de portas fechadas, os serviços prestados no hospital serão realizados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Segundo a Prefeitura, o quadro de enfermeiros, médicos e técnicos deverá ser remanejado para a unidade.

Apesar de realizar cerca de 110 partos por mês na maternidade, para continuar em funcionamento, o prédio, que tem mais de 30 anos, necessita de reforma.

Os pacientes internados deverão ser removidos da unidade hospitalar em até 15 dias. A expectativa é que a reforma seja executada em quatro meses.

Problemas

Essa não é a primeira vez que o Hospital Municipal fecha as portas. Em 2012, o prédio foi interditado após terem sido detectados diversos problemas de infraestrutura, higiene, além da falta de médicos. Enquanto esteve com o atendimento suspenso, pacientes que precisaram de internação foram encaminhados ao Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, ao Hospital Regional de Itanhaém e ao Hospital Guilherme Álvaro, em Santos.

A interdição durou dois meses e, em janeiro do ano passado, após passar por reforma e receber novos equipamentos, a prefeita Ana Maria Preto (PTB) reinaugurou a ala semi intensiva do hospital.

Oito meses depois, o prédio corria o risco de ser novamente fechado. Porém, o Departamento Regional de Saúde da Baixada Santista impediu a decisão, afirmando que iria enviar um aporte financeiro para que uma reforma de emergência fosse executada no local.


FONTE: A TRIBUNA



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, HOSPITAL, SUS, SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE, SAÚDE PÚBLICA

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

TRANSPOSIÇÃO DO SÃO FRANCISCO: PROMESSA PETISTA EM 2002, 2006, 2010 E 2014. VAI CAIR NESSA DE NOVO?






Lembro que aqui em Peruíbe a Dilma não se saiu bem nas eleições presidenciais de 2010. Portanto, peço ao eleitorado daqui QUE MANTENHA A TRADIÇÃO. 

Contribua para o fim da Era LULA/DILMA, eleitor peruibense. Que ela tenha até menos votos do que na eleição anterior. Use seu voto para que esse governo sofra uma mais do que merecida derrota histórica.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, BRASIL, BRASILEIROS, ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE 2014, DILMA TENTA A REELEIÇÃO, MARINA PRESIDENTE?

terça-feira, 26 de agosto de 2014

A ILUSÃO IRREALISTA




Milhares de peruibenses pobres tiraram proveito das oportunidades criadas pelo crescimento econômico da cidade durante os anos oitenta e noventa do século passado (pois é, já estamos no século XXI) para ascender à classe média. Mesmo assim, milhares de outros peruibenses não alcançaram a classe média. 

Para este grupo, atolado na pobreza e desocupação, os caminhos que outros percorreram num passado recente estão bloqueados. Eles vivem em bairros com equipamentos públicos decadentes, que não lhes dão melhor qualidade de vida. Empregos seguros, com salários pelo menos razoáveis, são para alguns jovens felizardos, recrutados pela expansão das grandes redes varejistas. As tendências econômicas tradicionais significam que eles têm muito mais probabilidade de ficarem desempregados durante a maior parte do ano (ou seja, fora do período da temporada), do que peruibenses que ficam mais acima na pirâmide social. 

Cada vez mais, estes munícipes que foram deixados para trás estão invisíveis. Seus bairros ou sofrem com especulação imobiliária — o que significa que vários deles em breve terão dificuldades para continuar a morar nos mesmos locais — ou são simplesmente evitados pelo desenvolvimento (grandes investimentos estatais e privados). O que acontece em bairros habitados por peruibenses pobres tem pouco a ver com a vida diária da classe média praiana desta cidade.

Me desculpem a redundância do título do texto - se é ilusão, ela só pode ser irrealista - mas ele serve para reforçar um fato: o de que muitos moradores só melhorarão suas respectivas condições sociais migrando. Na situação que descrevi não existe e jamais existirá uma administração pública municipal que dê jeito, de forma a beneficiar a todos, e quem pensa o contrário é adepto de uma ilusão irrealista.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, POLÍTICA MUNICIPAL, PREFEITURA, PROBLEMAS PERUIBENSES, AGOSTO DE 2014, ELEIÇÕES DE 2016

domingo, 24 de agosto de 2014

VÔLEI FEMININO DO BRASIL VENCE O JAPÃO E CONQUISTA O 10° TÍTULO DO GRAND PRIX - AGOSTO DE 2014




MARCADORES: BRASIL, JAPÃO, VITÓRIA DA SELEÇÃO DE VÔLEI FEMININO DO BRASIL, FINAL CONTRA A SELEÇÃO JAPONESA, JOGADORAS BRASILEIRAS, JOGADORAS JAPONESAS, O FELIPÃO ASSISTIU?

PERUÍBE AINDA NÃO CHEGOU AO FUNDO DO POÇO - AGOSTO DE 2014




Quem diz que Peruíbe já chegou ao fundo do poço perde feio para mim em pessimismo. Aviso: AINDA ESTAMOS DESCENDO NO POÇO. Vamos do ruim para o pior.

Dá para ficar pior? Mas é claro. Tem uma recessão severa chegando ao Brasil, e esta cidade não está preparada. O modelo econômico local está esgotado, no seu limite. Essa dependência exagerada de turistas e veranistas não nos dá muito futuro, e já complica o nosso presente ( quantos hotéis novos foram inaugurados neste ano? Pensa nisso). A geração de empregos que ocorre graças a investimentos de grandes redes de comércio varejista e de alimentação é importante, mas só tem oferecido um número de vagas abaixo do necessário, o que favorece a migração, participação em concursos públicos (pois é), e a típica ideia aceita por muitos peruibenses de que na política municipal está a única fonte de sobrevivência do indivíduo.

E os preços dos imóveis estão nas alturas. Me pergunto até quando será assim.

Acredito que 2015 será um ano terrível para Peruíbe. Fala-se muito sobre um governo municipal que até agora "não disse para o que veio" (serei moderado aqui), mas a grande crise peruibense - que só está começando - tem sua raiz na economia.


POSTAGEM RECOMENDADA: TEORIZANDO SOBRE O FUTURO PRÓXIMO DE PERUÍBE



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, PREFEITURA, CRISE, PROBLEMAS PERUIBENSES, 2015 SERÁ PIOR

sábado, 23 de agosto de 2014

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE PERUÍBE COMPLETA 100 ANOS DE FUNDAÇÃO - AGOSTO DE 2014




De A Tribuna On-line

 Patrimônio histórico e cultural do Município, a Estação Ferroviária de Peruíbe completa 100 anos de fundação neste domingo*. Para valorizar e preservar a memória deste importante equipamento histórico, que teve um papel fundamental no desenvolvimento econômico e social do Município, a Prefeitura prepara uma programação especial para celebrar a data. Entre os dias 28 e 31 estão previstas homenagens, exposições, gincanas, oficinas e apresentações musicais. 

 A programação será aberta com uma solenidade na Estação Ferroviária, na próxima quinta-feira, às 9 horas. Na ocasião estão presentes autoridades e moradores do Município. Durante o dia, haverá gincana com escolas do bairro no mesmo local. Às 14h, a estação receberá uma apresentação musical do Projeto Guri. 

 Na mesma data, moradores mais antigos do bairro, ex-funcionários da Estação e pessoas que contribuíram no processo de preservação do patrimônio histórico receberão uma homenagem na Câmara de Vereadores. A solenidade terá início às 19 horas. 

 Já na sexta-feira, será ministrada uma palestra e oficina sobre patrimônio histórico no prédio da Estação, em dois horários: 9h30 e 14h. A programação contará ainda com boas atrações para quem gosta de ferreomodelismo. No sábado, das 9 às 17h, e no domingo, das 9 às 14h, ficará aberta ao público uma exposição com modelos e fotos, também na Estação Ferroviária. 

 No último dia, haverá uma grande festa com o “Forró no Asfalto”, que será realizado a partir das 19h, na Avenida 24 de Dezembro (em frente à rodoviária). 

 Histórico 

A Estação Ferroviária foi construída pela empresa inglesa Southern São Paulo Railway para integrar a linha Santos-Juquiá. Desde a sua inauguração, em 24 de agosto de 1914, o prédio contribuiu para trazer o progresso e aumentar a população local. Em pouco tempo, a economia deixou de estar concentrada na pesca de subsistência e passou a receber investimentos com o comércio e o turismo. 

 A estação também serviu para “reduzir” os espaços entre uma região e outra no litoral paulista. Antes de sua inauguração, o deslocamento era feito de um ponto a outro pela praia, com longas caminhadas ou cavalgadas. Tudo mudou, porém, com a chegada do trem, que era um dos meios de transporte mais rápidos e evoluídos no início do século XX. 

A produção agrícola e a pesca também sentiram os efeitos desse novo sistema de transporte, com a comercialização em larga escala desses produtos para outras regiões, revertendo lucros rápidos não só aos produtores, mas, também aos pescadores e pequenos agricultores. Até a década de 1990, o transporte ferroviário não só de carga, mas também de passageiros, teve grande desenvolvimento e movimento na região, gerando empregos e sustentando uma base sólida da economia local. 

 O transporte de passageiros entre Santos e Juquiá foi suspenso em 1997, depois de 84 anos. A linha seguiu ativa para trens de carga que passavam quase diariamente, transportando enxofre do porto para Cajati, até o início de 2003, quando barreiras caíram sobre a linha na região do Ribeira. O transporte foi suspenso e a concessionária Ferroban desativou a linha.

*24 de agosto de 2014
FONTE:A TRIBUNA






MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, BAIRRO DA ESTAÇÃO, PRÉDIO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA, 100 ANOS DE FUNDAÇÃO

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

MEUS PARABÉNS AO PADRE MARCO ANTONIO ROSSI, DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - AGOSTO DE 2014




Sou um peruibense "anti-peruibense", do tipo que já disse aqui que, entre estudar para concurso ou ir assistir a uma sessão na câmara de vereadores, considero que talvez seja melhor ficar em casa e aproveitar melhor o tempo estudando. 

Em outras palavras, não sou de ir até a câmara, PREFIRO FICAR EM CASA. Mas não é que ontem fiz justamente o contrário, e não me arrependi?

Fui buscar minha mãe e tia, ambas católicas, que foram convidadas pelo padre Marco Antonio Rossi, o qual convidou toda a comunidade católica de Peruíbe para participar do encerramento da semana da família, que ocorreu na sessão da câmara de ontem, dia 21 de agosto de 2014, quinta-feira.

Pois bem, durante o evento de encerramento, o padre fez um discurso DIGNO DE APLAUSOS.





Duvida que ele merece aplausos? Ah, você não assistiu? Pois então o veja logo abaixo, e depois me diga se estou errado:





Eu estava lá e afirmo que, assim como ele impressionou uma maioria, desagradou a uma minoria. Mas democracia é assim: nem sempre escutamos o que queremos. Isso vale tanto para mim, que sequer sou católico e elogio  a coragem do padre, como para quem estava lá e não gostou do que ele falou.



MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, PADRE MARCO ANTONIO ROSSI, IGREJA MATRIZ DE PERUÍBE, PRAÇA MATRIZ, VIOLÊNCIA URBANA, CRIME, CRIMINALIDADE, DISCURSO HISTÓRICO NA SESSÃO DA CÂMARA

domingo, 17 de agosto de 2014

PAT DE PERUÍBE, SP, FAZ SELEÇÃO PARA NAVIOS DE CRUZEIRO - AGOSTO DE 2014





Do G1 Santos

Idade mínima de 18 anos e inglês fluente são algumas das exigências. Entrevistas presenciais serão realizadas em Santos. 

O Posto de Atendimento ao Trabalhador de Peruíbe (PAT), no litoral de São Paulo, está selecionando currículos para vagas de trabalho em cruzeiros marítimos. Os candidatos que se enquadrarem no perfil da empresa, serão encaminhados para uma entrevista presencial em Santos e direcionados às companhias.

Entre os requisitos exigidos pela recrutadora é de que o pretendente tenha idade mínima de 18 anos e inglês fluente. Como se trata de um trabalho a bordo de navio, também é necessária disponibilidade integral. O tempo de contrato pode variar de seis a nove meses. Os salários não foram informados.

Há vagas para garçom de bar, cleaner (limpeza e arrumação de áreas gerais do navio), cabinista (limpeza e arrumação de cabines), barman, assistente de garçom, room service (atendimento de hóspedes nas cabines), recepcionista, tour guide (guia turístico), recreador, fotógrafo e vendedores.

Os interessados têm até a primeira semana de outubro para entregar currículo com foto no PAT de Peruíbe, que fica na Avenida São Paulo, nº 89, no bairro Stella Maris. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas.


FONTE: G1 SANTOS


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, TEMPORADA DE VERÃO 2014/2015, EMPREGO, OPORTUNIDADES DE TRABALHO, TURISMO, OCEANO ATLÂNTICO

sábado, 16 de agosto de 2014

JÁ ACABOU?



Na última segunda, o programa CQC realizado em Peruíbe tinha tudo para gerar uma enorme repercussão na cidade. Mas, na quinta-feira, percebi um clima de "já acabou".

Pois é, o assunto perdeu força, na mesma velocidade em que a tragédia aérea que resultou no falecimento do então candidato presidencial psbista Eduardo Campos e de outras seis pessoas repercutiu em Santos (onde o acidente aconteceu), São Paulo, por todo o Brasil e naturalmente em Peruíbe.

Claro que a reportagem do CQC tende a afetar a já reduzida popularidade da prefeita, mas deixou de ser o foco das conversas, tão logo um fato de repercussão nacional e até internacional chegou até nós, com diversas consequências, algumas imprevisíveis, outras mais do que evidentes, como a que cito aqui. 

Uma importante notícia nacional se sobrepõe a uma importante notícia municipal, afetando uma tendência e criando outra. Simples assim.

Encerro esta postagem afirmando que não sou adepto da ideia de querer afastar o povo peruibense da política municipal, de negar a sua importância. A questão é que o debate sobre os rumos desta cidade - ou seja, um projeto de desenvolvimento para a mesma - PODE e DEVE ser realizado em outras esferas que não apenas o da política. A obsessão de muitos munícipes que sequer são políticos pela política municipal - transformada em um elemento central da existência (!?) - não contribui para um progresso real deste município, pelo contrário.

E é claro, lamento pelo candidato a presidência da república Eduardo Campos e os demais que estavam naquele avião. Lamento por eles e pelo país.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, POLÊMICA, POLÍTICA, GOVERNO

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

NOITE DE INVERNO, 13 DE AGOSTO DE 2014 : NESTE MOMENTO 14ºC



Noite mais fria deste inverno em Peruíbe, é o que parece.

MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSE, INVERNO 2014, CHUVA, FRIO, BAIXAS TEMPERATURAS

terça-feira, 12 de agosto de 2014

PERUÍBE: VIENE LA TORMENTA, OU SEJA, VEM UMA TEMPESTADE POR AÍ - AGOSTO DE 2014








Quem avisa amigo é: uma tempestade se aproxima de Peruíbe. Trata-se da minha forma de dizer que a pior fase dos PROBLEMAS PERUIBENSES ainda não chegou. Continuarei a falar sobre esse assunto, desse jeito alegórico, Custe o Que Custar.

Se você pensa que uma simples reportagem num programa de TV possui força suficiente para agitar politicamente uma cidade como esta (fora do ano de eleições municipais, pois é), não conhece o povo peruibense como eu. Afirmo que muitos farão o mesmo que a Sara Connor no final do primeiro filme da série EXTERMINADOR DO FUTURO: partirão pelas estradas, antes da tempestade chegar.

Vários já partiram. Previram a tormenta, e se foram. Façam as suas escolhas.


MARCADORES: CIDADE DE PERUÍBE, PERUIBENSE, REPORTAGEM DE TV, VAMOS PASSEAR NO PARQUE (LEMBRAM DESSA CANÇÃO? NÃO SEI POR QUAL MOTIVO, ME LEMBREI DELA), POLÍTICA, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, FILME O EXTERMINADOR DO FUTURO/TERMINATOR (1984)